Reforma da Lei Eleitoral Europeia e listas transnacionais

Reforma da Lei Eleitoral Europeia e listas transnacionais

  • Quinta-feira, 05 de Maio de 2022

  •      A+  A-

Bruxelas, 5 de maio de 2022 - Na última sessão plenária (de 2 a 5 de maio), a maioria dos deputados do Parlamento Europeu (PE) exortou os Estados-Membros da União Europeia (UE) a introduzirem listas transnacionais para as eleições europeias de 2024. Da mesma forma, a maioria dos eurodeputados endossou o apelo dos Verdes/ALE para reduzir a idade de voto para 16 anos e ter listas equilibradas em termos de género. A proposta do PE dá a todos os eleitores dois votos cada, um para os candidatos dos círculos eleitorais nacionais e outro para os círculos eleitorais da UE, com 28 candidatos adicionais eleitos com base em listas transnacionais. O Parlamento Europeu pede claramente mais democracia, mais participação, mais Europa e mais igualdade de género.

O PE pretende, finalmente, dar aos cidadãos a possibilidade de votarem directamente nos grupos políticos, candidatos e programas europeus nas próximas eleições europeias. Para Francisco Guerreiro "este é um passo importante no sentido de uma verdadeira democracia parlamentar europeia".

O eurodeputado Francisco Guerreiro acredita que a reticência de quase todos os eurodeputados portugueses (que votaram contra esta ideia) seja bastante reveladora do funcionamento dos partidos políticos em Portugal. Ao contrário do que afirmam muitos deles, o equilíbrio geográfico será assegurado pela alternância em cada três posições de candidatos residentes em “grandes”, “médios” ou “pequenos” Estados-membros. Mais, os partidos e coligações de partidos ou associações eleitorais europeias representados em pelo menos 7 Estados-Membros e, por exemplo, as coligações eleitorais europeias entre partidos políticos europeus podem apresentar uma lista para o círculo eleitoral a nível da UE.

"Não lhes agrada que uma proporção simbólica, equivalente a menos de 4% do Parlamento Europeu, seja representada por deputados europeus portadores de um programa europeu? Será receio de que os representantes locais percam a sua influência? Será que pensam que são mais conhecidos pelos cidadãos do que outros candidatos que fariam campanha em toda a UE? Parece-me um pouco ingénuo e penso que estas reações demonstram uma ausência de visão quanto ao futuro da UE", refere o eurodeputado.

Para além disso, para Francisco Guerreiro, "as listas transnacionais representam um elemento adicional e não substituem o sistema actual. Dado que existe a oportunidade única de utilizar uma parte dos lugares britânicos para listas transnacionais, não há nenhum Estado membro que perca um lugar devido à sua introdução. Os cidadãos continuarão a ter o seu representante na sua circunscrição eleitoral, tal como tem acontecido anteriormente."

"Um problema fundamental das presentes eleições europeias é o facto de não serem de todo europeias, mas a soma das leis eleitorais nacionais, das listas eleitorais e das campanhas eleitorais nacionais. Quarenta anos após a introdução das eleições directas para o PE, creio que já é tempo de dotar estas eleições de uma verdadeira dimensão europeia", conclui.


Partilhar artigo

A ler também...

Eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos organizadores do EVS 2022
  • Ambiente
  • Animais
  • Economia
  • Verdes/ALE
  • Eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos organizadores do EVS 2022

    Quinta-feira, 22 de Setembro de 2022
    O Eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos organizadores do European Vegan Summit, que decorreu em formato online nos passados dias 15, 16, 17 e 18 de setembro.
    LER MAIS
    Nova Estratégia Florestal da UE para 2030 – Gestão Florestal Sustentável na Europa
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Nova Estratégia Florestal da UE para 2030 – Gestão Florestal Sustentável na Europa

    Terça-feira, 20 de Setembro de 2022

    LER MAIS
    Regulamento de desmatamento
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Regulamento de desmatamento

    Terça-feira, 20 de Setembro de 2022

    LER MAIS
    Diretiva de Energias Renováveis
  • Ambiente
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Diretiva de Energias Renováveis

    Terça-feira, 20 de Setembro de 2022

    LER MAIS
    Procedimentos uniformes de controlo do transporte rodoviário de mercadorias perigosas (codificação)
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Procedimentos uniformes de controlo do transporte rodoviário de mercadorias perigosas (codificação)

    Terça-feira, 20 de Setembro de 2022

    LER MAIS
    Conclusão das emendas ao Acordo Internacional do Açúcar, 1992
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Conclusão das emendas ao Acordo Internacional do Açúcar, 1992

    Terça-feira, 20 de Setembro de 2022

    LER MAIS
    Acordo de Parceria UE/Maurícias no domínio das pescas: possibilidades de pesca e contribuição financeira 2017-2021. Extensão do Protocolo
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Acordo de Parceria UE/Maurícias no domínio das pescas: possibilidades de pesca e contribuição financeira 2017-2021. Extensão do Protocolo

    Terça-feira, 20 de Setembro de 2022

    LER MAIS
    Medidas de conservação e fiscalização aplicáveis na Área de Regulamentação da  Organização das Pescarias do Noroeste do Atlântico (NAFO)
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Medidas de conservação e fiscalização aplicáveis na Área de Regulamentação da Organização das Pescarias do Noroeste do Atlântico (NAFO)

    Terça-feira, 20 de Setembro de 2022

    LER MAIS
    Consequências da seca, incêndios e outros fenómenos meteorológicos extremos: intensificar os esforços da UE para combater as alterações climáticas
  • Alterações Climáticas
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Consequências da seca, incêndios e outros fenómenos meteorológicos extremos: intensificar os esforços da UE para combater as alterações climáticas

    Terça-feira, 20 de Setembro de 2022

    LER MAIS
    Eurodeputados questionam Comissão acerca do investimento do Kremlin no financiamento de partidos políticos
  • Geral
  • Eurodeputados questionam Comissão acerca do investimento do Kremlin no financiamento de partidos políticos

    Quinta-feira, 15 de Setembro de 2022
    Vários eurodeputados redigiram uma pergunta à Comissão, a fim de investigar o investimento do Kremlin no financiamento de partidos políticos e políticos, incluindo em Estados membros da UE.
    LER MAIS

    mais notícias

    Não encontras o que procuras?