Proteger Schengen: a liberdade e o que está em causa

Proteger Schengen: a liberdade e o que está em causa

  • Quarta-feira, 10 de Junho de 2020

  •      A+  A-

Bruxelas, 10 de Junho de 2020- O grupo dos Verdes/Aliança Livre Europeia (Verdes/ALE) no Parlamento Europeu defende a liberdade como um ponto essencial, e, como tal, a possibilidade de viajar no espaço europeu. Em causa, o encerramento de fronteiras internas devido ao surto de Covid-19.

O grupo parlamentar publicou uma posição escrita quanto a esta questão. 

Consulta o documento, na íntegra, em inglês e em francês.

Sabe mais, abaixo.

 

Por que razão devem os controles de fronteiras internas na UE ser imediatamente suspensos?

O controle de fronteiras no espaço europeu Schengen põe em risco uma das realizações mais tangíveis de uma Europa integrada: a possibilidade de viajar e morar juntos numa área comum sem controle de fronteiras internas. Os controles de fronteiras internas dividem famílias e amigos, restabelecem fronteiras entre regiões e bairros há muito integrados e comprometem o processo de desenvolvimento de nova cooperação regional. Estes restringem seriamente a nossa liberdade.

O grupo Verdes/ALE no Parlamento Europeu defende as conquistas do espaço Schengen. Há 35 anos, no dia 14 de junho de 1985, cinco Estados-Membros europeus lançaram, na pequena cidade luxemburguesa de Schengen, as fundações para a possibilidade de 400 milhões de pessoas viajarem e viverem juntas sem restrições na Europa. Nós devemo-nos de manter essa conquista que está no cerne do projeto europeu.

O controlo nas fronteiras internas para combater a pandemia é ineficaz e ilegal. Não ajuda a impedir a propagação do vírus, prejudica a vida económica e familiar dos trabalhadores transfronteiriços e tem sérias repercussões no direito à livre circulação dos cidadãos da União Europeia. Consequentemente, o controlo nas fronteiras internas deve ser imediatamente eliminado e substituído por medidas mais apropriadas e eficazes. As capacidades de rastreamento de contactos em toda a UE pelas autoridades de saúde precisam ser urgentemente fortalecidas. A utilização de uma aplicação de rastreio para telemóveis também não é necessária para esse fim. Os Estados-Membros devem fornecer informações atualizadas aos viajantes. Devem também coordenar as suas medidas de contenção a nível transfronteiriço e cumprir as recomendações do Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (CEPCD)

O nosso pedido de livre circulação no espaço Schengen não é um pedido de "retorno ao normal". Medidas de contenção são sempre necessárias quando as taxas de infeção são altas. Medidas de prevenção, de distanciamento físico, de higiene e de quarentena devem permanecer em vigor até que uma vacina de confiança para o COVID-19 esteja disponível. 

Porém, a ênfase atual nos controles de fronteira desvia a atenção das soluções reais. Alternativas aos controles de fronteira são mais eficazes na prevenção da propagação do vírus. Por conseguinte, é ainda mais injustificado comprometer as realizações do espaço Schengen. 

Infelizmente, neste momento, a Comissão Europeia (CE) não ajuda muito a encontrar uma alternativa aos controlos nas fronteiras no espaço Schengen. Na sua comunicação sobre o levantamento dos controlos nas fronteiras internas, a CE propõe elevar os controlos nas fronteiras apenas entre regiões com níveis comparativamente baixos de infeção e medidas de contenção semelhantes. Assim, no caso de uma segunda onda, as fronteiras serão, provavelmente, fechadas novamente. Caso disso, corremos o risco de que os Estados-Membros invoquem ameaças à saúde pública como uma razão legítima para realizar verificações nas fronteiras nacionais e para limitar a liberdade de viagem e movimento na UE, bem como estabelecer discriminação entre cidadãos da UE.


Partilhar artigo

A ler também...

1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu
  • Ambiente
  • Direitos Sociais
  • Lei do Clima
  • Política Agrícola Comum
  • Verdes/ALE
  • 1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu

    Quarta-feira, 28 de Julho de 2021
    O último ano do deputado Francisco Guerreiro como membro independente do Parlamento Europeu ficou marcado pelo trabalho em volta da Política Agrícola Comum, do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura e da Lei do Clima.
    LER MAIS
    Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores
  • Ambiente
  • Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores

    Segunda-feira, 12 de Julho de 2021
    O eurodeputado dos Verdes/Aliança Verde Europeia (Verdes/ALE), Francisco Guerreiro, questionou a Comissão Europeia (CE) sobre o financiamento europeu da construção de uma incineradora na ilha de São Miguel, Açores.
    LER MAIS
    PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos
  • Animais
  • PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos

    Sexta-feira, 09 de Julho de 2021
    Foi descartada, esta semana, uma emenda introduzida pelo eurodeputado dos Verdes/Aliança Livre Europeia (Verdes/ALE) e Vice-Presidente da Comissão da Agricultura e do Desenvolvimento Rural (AGRI), Francisco Guerreiro, sobre a tauromaquia.
    LER MAIS
    Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Ambiente
  • Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF

    Quinta-feira, 08 de Julho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos participantes do ciclo de debates da Associação Natureza Portugal em colaboração com a World Wide Fund For Nature (ANPIWWF).
    LER MAIS
    Fundo dos Assuntos Marítimos e das Pescas aprovado com voto contra dos Verdes/ALE
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Ambiente
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Fundo dos Assuntos Marítimos e das Pescas aprovado com voto contra dos Verdes/ALE

    Quarta-feira, 07 de Julho de 2021
    O Parlamento Europeu aprovou hoje o acordo sobre o Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura (FEAMPA). Enquanto relator-sombra pelo Grupo dos Verdes/ALE, o eurodeputado Francisco Guerreiro introduziu uma emenda para a rejeição do acordo, porém, a mesma foi chumbada por 516 votos contra e apenas 143 a favor.
    LER MAIS
    Guerreiro preside reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais
  • Animais
  • Verdes/ALE
  • Guerreiro preside reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais

    Quinta-feira, 01 de Julho de 2021
    O eurodeputado dos Verdes/Aliança Livre Europeia presidiu hoje a reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais sobre o ‘Relatório de Implementação sobre Bem-Estar dos Animais de Criação’ pelo qual é também relator-sombra.
    LER MAIS
    Comissão Europeia elimina jaulas na pecuária até 2027
  • Animais
  • Comissão Europeia elimina jaulas na pecuária até 2027

    Quarta-feira, 30 de Junho de 2021
    A Comissão Europeia (CE) comprometeu-se hoje a eliminar gradualmente as jaulas na pecuária, em toda a União Europeia (UE), estudando a possibilidade de a proibição entrar em vigor em 2027. A proposta legislativa vai ser apresentada até ao fim de 2023, juntamente com a revisão da legislação de bem-estar animal, já prometida na estratégia política alimentar da UE, a Estratégia ‘Do Prado ao Prato’.
    LER MAIS
    Fim da Presidência portuguesa: (In)Ação climática e acordo na Política Agrícola Comum ditam avaliação negativa
  • Presidência do Conselho da UE
  • Fim da Presidência portuguesa: (In)Ação climática e acordo na Política Agrícola Comum ditam avaliação negativa

    Quarta-feira, 30 de Junho de 2021
    Esta quarta-feira, dia 30 de junho, termina o semestre português na Presidência do Conselho da União Europeia. Apesar de alguns pontos positivos, nomeadamente em matérias orçamentais e de transparência fiscal (e.g. acordo sobre a Diretiva de Divulgação Pública de Informações por País) houve um fracasso generalizado no que concerne a matérias climáticas e no panorama internacional, nomeadamente no relacionamento com a China e com os países do Mercosul.
    LER MAIS
    Guerreiro participa em conferência sobre qualidade alimentar
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Guerreiro participa em conferência sobre qualidade alimentar

    Terça-feira, 29 de Junho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro participou hoje na conferência 'Capacitar Organizações de Consumidores: Rumo a uma abordagem harmonizada para lidar com a dupla qualidade em produtos alimentícios' (ECO, na sua sigla em inglês) na qual falou do combate à dupla qualidade alimentar, na União Europeia.
    LER MAIS
    SAFE: Francisco Guerreiro debate qualidade dos alimentos
  • Política Agrícola Comum
  • SAFE: Francisco Guerreiro debate qualidade dos alimentos

    Terça-feira, 29 de Junho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos oradores da conferência da SAFE "Dual Food Quality: Empowering Consumer Organizations".
    LER MAIS

    mais notícias

    Não encontras o que procuras?