Pergunta à CE:  A importância de alternativas de origem vegetal na transição para um modelo de produção alimentar mais sustentável

Pergunta à CE: A importância de alternativas de origem vegetal na transição para um modelo de produção alimentar mais sustentável

  • Sexta-feira, 08 de Janeiro de 2021

  •      A+  A-

Consulta aqui a pergunta conjunta dos eurodeputados Francisco Guerreiro, Sylwia Spurek, Manuela Ripa Eleonora Evi e Alexis Georgoulis à Comissão Europeia (CE) sobre a transição para um modelo de produção alimentar mais sustentável.

 

Assunto: A importância de alternativas de origem vegetal na transição para um modelo de produção alimentar mais sustentável

O Parlamento rejeitou recentemente uma série de alterações destinadas a limitar a utilização de designações relacionadas com carne em alternativas de origem vegetal. É indispensável reconhecer que uma transição do atual modelo de produção alimentar para uma alternativa mais sustentável é essencial para combater as alterações climáticas, proteger a saúde das pessoas e aumentar as garantias de proteção dos direitos dos consumidores. Um relatório recente da Greenpeace («Farming for failure») enumera uma série de recomendações políticas importantes no que se refere à transição para dietas mais ricas em vegetais. A Comissão reconheceu igualmente a importância das alternativas de origem vegetal num relatório especial sobre o desenvolvimento das proteínas vegetais na UE, publicado em 2018.

1. Como tenciona a Comissão incentivar os agricultores a passarem da produção animal para a produção vegetal? 

2. Prevê a Comissão introduzir políticas destinadas a promover e a apoiar, nomeadamente através de financiamento, a produção de alimentos de origem vegetal e, em caso afirmativo, como serão elas formuladas de modo a garantir a aplicação por todos os países da UE? 

3. Qual a posição da Comissão sobre a carne produzida através de agricultura celular? Tenciona a Comissão apoiar esse tipo de inovações?

 

Resposta da  CE

A atual política agrícola comum (PAC) prevê já vários instrumentos que apoiam direta ou indiretamente as proteaginosas na UE, nomeadamente o pagamento por práticas agrícolas benéficas para o clima e o ambiente (ecologização), os programas de desenvolvimento rural e o regime de apoio associado voluntário. 

A Comissão apresentou um plano de transição para um sistema alimentar sustentável na Estratégia do Prado ao Prato(1). Devido ao seu impacto positivo no ambiente, as proteaginosas desempenharão um importante papel nessa transição. 

No âmbito da futura política agrícola comum, as propostas visam dar aos Estados-Membros a possibilidade de incluir, nos seus planos estratégicos da PAC, as intervenções ao abrigo de programas setoriais que permitam apoiar o setor das proteaginosas. Além disso, no quadro dos regimes ecológicos, a Comissão propõe que se recompensem as práticas agrícolas que promovem as proteaginosas, nomeadamente a rotação de culturas com leguminosas.

A Comissão analisa neste momento a política de promoção dos produtos agrícolas, com vista a reforçar a sua contribuição para a produção e o consumo sustentáveis, em consonância com a transição para um regime alimentar mais baseado nos produtos vegetais. 

A tecnologia da carne cultivada ainda se encontra em fase de desenvolvimento. De acordo com o Regulamento Novos Alimentos(2), a autorização de colocação de um novo alimento no mercado cabe à Comissão, tendo por base um parecer positivo da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos sobre os efeitos do novo alimento na saúde humana. Até à data, não foi autorizado nenhum novo alimento com carne cultivada. 

A Comissão apoia as atividades de investigação e inovação no domínio das proteaginosas através da PEI-AGRI(3) e dos projetos no âmbito do Programa Horizonte 2020(4). Os projetos de investigação sobre carne cultivada são também financiados ao abrigo do Programa Horizonte 2020(5). O futuro Horizonte Europa continuará a apoiar a investigação neste domínio, em conformidade com a Estratégia do Prado ao Prato.

 

(1)     COM(2020) 381

https://eur-lex.europa.eu/legal-content/EN/TXT/?uri=CELEX:52020DC0381

(2)     Regulamento (UE) 2015/2283 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 25 de novembro de 2015, relativo a novos alimentos, que altera o Regulamento (UE) n.° 1169/2011 do Parlamento Europeu e do Conselho e que revoga o Regulamento (CE) n.° 258/97 do Parlamento Europeu e do Conselho e o Regulamento (CE) n.° 1852/2001 da Comissão JO L 327 de 11.12.2015, p. 1.

(3)     Parceria Europeia de Inovação para a produtividade e a sustentabilidade agrícolas (PEI-AGRI)

https://ec.europa.eu/eip/agriculture/en/european-innovation-partnership-agricultural

(4)     Projetos LegValue

https://cordis.europa.eu/project/id/727672

e TRUE

https://cordis.europa.eu/project/id/727973

(5)     Projetos Cultured Beef

https://cordis.europa.eu/project/id/790236

e Meat4all

https://cordis.europa.eu/project/id/958660


Partilhar artigo

A ler também...

Membros do Parlamento Europeu apelam a uma melhor proteção contra a vigilância de massa
  • Inteligência Artificial
  • Membros do Parlamento Europeu apelam a uma melhor proteção contra a vigilância de massa

    Quinta-feira, 15 de Abril de 2021
    Vários eurodeputados, entre os quais Francisco Guerreiro (Verdes/ALE), pedem à Comissão Europeia que assegure uma melhor proteção contra a vigilância biométrica e por Inteligência Artificial (IA).
    LER MAIS
    Francisco Guerreiro apoia revalorização de Veneza através do Plano de Recuperação e Resiliência
  • Ambiente
  • Francisco Guerreiro apoia revalorização de Veneza através do Plano de Recuperação e Resiliência

    Quarta-feira, 14 de Abril de 2021
    Francisco Guerreiro (Verdes/ALE) juntou-se ao apelo de várias Organizações Não-Governamentais e outros eurodeputados para que seja apresentado um projeto europeu de recuperação da cidade de Veneza, através do Plano de Recuperação e Resiliência.
    LER MAIS
    Diálogo FAO Bruxelas/PPUE: Fortalecimento dos sistemas alimentares centrados na agricultura familiar
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Presidência do Conselho da UE
  • Diálogo FAO Bruxelas/PPUE: Fortalecimento dos sistemas alimentares centrados na agricultura familiar

    Quarta-feira, 14 de Abril de 2021
    Organizado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura e pela Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, o evento sobre o "Fortalecimento dos sistemas alimentares centrados na agricultura familiar - caminhos possíveis para transformações globais" juntou vários especialistas de diferentes organizações portuguesas, europeias e internacionais. Contou igualmente com a participação do eurodeputado Francisco Guerreiro.
    LER MAIS
    Webinar: A Alimentação que Queremos
  • Política Agrícola Comum
  • Webinar: A Alimentação que Queremos

    Terça-feira, 13 de Abril de 2021
    Francisco Guerreiro participou no webinar "A Alimentação que Queremos" promovido pela Fundação Fé e Cooperação, na qualidade de Vice-Presidente da Comissão de Agricultura.
    LER MAIS
    Europa Verde: Promover a UE como líder em ação climática
  • Acordos comerciais
  • Alterações Climáticas
  • Política Agrícola Comum
  • Presidência do Conselho da UE
  • Europa Verde: Promover a UE como líder em ação climática

    Terça-feira, 13 de Abril de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro parrticipou hoje num ciclo de conversas online da Global Shapers Lisbon sobre a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia (PPUE) cujo tema foi "Europa Verde: Promover a UE como líder em ação climática".
    LER MAIS
    European Green Deal: Panel Debate
  • Ambiente
  • Lei do Clima
  • European Green Deal: Panel Debate

    Quinta-feira, 01 de Abril de 2021
    Francisco Guerreiro participou neste debate a convite do European Green Deal Campus Brussels.
    LER MAIS
    Eurodeputados pedem à Presidência Portuguesa e Comissão que rejeitem censura aos produtos de origem vegetal
  • Política Agrícola Comum
  • Eurodeputados pedem à Presidência Portuguesa e Comissão que rejeitem censura aos produtos de origem vegetal

    Terça-feira, 30 de Março de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro liderou um apelo à Comissão Europeia e à Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia para que rejeitem a controversa emenda n°171 que poderá vir a alterar a comercialização de alimentos de origem vegetal na União Europeia.
    LER MAIS
    Desafios e Oportunidades da Nova PAC para Portugal
  • Política Agrícola Comum
  • Desafios e Oportunidades da Nova PAC para Portugal

    Segunda-feira, 29 de Março de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro (Verdes/ALE) esteve hoje, a convite do jornal Vida Económica, a debater o futuro da Política Agrícola Comum (PAC), com a Ministra da Agricultura, a Confederação Agrícola Portuguesa (CAP), a Confederação das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal (CONFRAGI) e a Confederação Nacional da Agricultura (CNA)
    LER MAIS
    Guerreiro vota a favor do relatório sobre o impacto do lixo marinho nas pescas
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Ambiente
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Guerreiro vota a favor do relatório sobre o impacto do lixo marinho nas pescas

    Sexta-feira, 26 de Março de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro votou esta semana a favor do relatório de iniciativa sobre o impacto do lixo marinho nas pescas, que foi aprovado pelo Parlamento Europeu (PE), com 646 votos a favor e 3 contra.
    LER MAIS
    CAP: Guerreiro quer fim de restrições na comercialização de produtos de origem vegetal
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • CAP: Guerreiro quer fim de restrições na comercialização de produtos de origem vegetal

    Quinta-feira, 25 de Março de 2021
    Francisco Guerreiro (Verdes/ALE) liderou um apelo à Comissão Europeia (CE) e à Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia (PPUE) para que rejeitem a controversa emenda n°171 que viria a alterar a comercialização de alimentos de origem vegetal na UE.
    LER MAIS

    mais notícias

    Não encontras o que procuras?