Francisco Guerreiro rejeita boicote a produtos alimentares veganos e vegetarianos

Francisco Guerreiro rejeita boicote a produtos alimentares veganos e vegetarianos

  • Sexta-feira, 16 de Outubro de 2020

  •      A+  A-

Bruxelas, 16 de outubro de 2020 - A propósito das votações da Política Agrícola Comum (PAC) que têm lugar na próxima semana, o eurodeputado Francisco Guerreiro (Verdes/ALE) prepara-se para rejeitar duas emendas propostas que procuram restringir as denominações que podem ser utilizadas nos rótulos de produtos vegetarianos ou veganos.  

“Estas propostas partiram, claramente, do desespero do setor da carne e lacticínios perante o crescimento exponencial do interesse dos consumidores em produtos com baixa pegada ecológica e que preservam o bem-estar animal”, afirmou o eurodeputado. 

Uma das medidas em causa tem que ver com a tentativa de restringir o uso de denominações como ‘hambúrguer’ e ‘salsicha’ para produtos vegetarianos e veganos, mesmo que acompanhados de termos como ‘100% vegetal’, ‘vegetariano’, ‘à base de plantas’ (emenda n° 165). A outra medida, que o eurodeputado também rejeitará, tem como objetivo excluir a possibilidade de alternativas vegetais aos produtos lácteos usarem esta mesma descrição: uma bebida de soja não poderá indicar, por exemplo, que é uma ‘alternativa à base de plantas’ (emenda n° 171). 

As medidas foram propostas pelo grupo político do Parlamento Europeu dos Socialistas. “Ao contrário daquilo em que os Socialistas parecem crer, a crescente preferência por produtos de origem vegetal, em detrimento daqueles de origem animal, não se travará com estas restrições de denominações”, alerta o eurodeputado. 

A apoiar Francisco Guerreiro estão várias empresas nacionais e multinacionais como a Nestlé, Izidoro, Unilever, Becel, Campofrio, Ikea e outras que deixaram de produzir exclusivamente produtos à base de carne, peixe e lacticínios, passando a produzir também produtos para os consumidores veganos.  

“Estas empresas acreditam que restringir as denominações dos seus produtos de origem vegetal iria destabilizar as suas vendas, uma vez que gera confusão nos consumidores. É mau para os consumidores, péssimo para as empresas e catastrófico para o ambiente”, declara o eurodeputado. 

Em cima da mesa, está a possibilidade de as denominações para os hambúrgueres vegetarianos passarem a ser ‘discos vegetarianos’ e para as salsichas ‘tubos’ ou ‘unidades’.  

As propostas de emendas surgiram com o argumento de que as denominações ou descrições atualmente praticadas - tanto para os alimentos veganos substitutos da carne e peixe, como para os dos produtos lácteos - confundem os consumidores. A isto, o eurodeputado responde que “não permitir que uma bebida de amêndoa - e digo ‘bebida’ porque a lei já restringe o uso do termo ‘leite’, ‘queijo’ ou iogurte’ - contenha na sua descrição a indicação de que pode ser utilizada como um substituto ao leite é terrível para os consumidores. Estes, e especialmente para os vegans e alérgicos aos produtos lácteos, devem poder ser informados de que certos produtos podem servir de alternativa”. 

Relativamente ao assunto dos hambúrgueres, Francisco Guerreiro acrescenta que “os termos ‘hambúrguer’ e ‘salsicha’ referem-se ao formato da comida e dão indicações sobre o tipo de utilização que pode ser dada à mesma, não refletindo de maneira nenhuma que são necessariamente de origem animal”.


Partilhar artigo

A ler também...

Francisco Guerreiro questiona Ministra da Agricultura portuguesa sobre transporte de animais
  • Animais
  • Presidência do Conselho da UE
  • Francisco Guerreiro questiona Ministra da Agricultura portuguesa sobre transporte de animais

    Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro (Verdes/ALE) questionou ontem a Ministra da Agricultura de Portugal, Maria do Céu Antunes, sobre o compromisso da Presidência Portuguesa no Conselho da União Europeia (PPUE) no que diz respeito ao bem-estar dos animais durante o Transporte.
    LER MAIS
    Espanha falha em respeitar medidas de bem-estar animal no transporte de animais vivos
  • Animais
  • Espanha falha em respeitar medidas de bem-estar animal no transporte de animais vivos

    Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2021
    Membros do intergrupo para o Bem-Estar Animal do Parlamento Europeu alertaram para falhas por parte das autoridades espanholas no respeito das medidas para o bem-estar animal nas embarcações Elbeik e Karim Allah.
    LER MAIS
    Novo Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas rejeitado pelos Verdes/ALE em PECH
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Novo Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas rejeitado pelos Verdes/ALE em PECH

    Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2021
    Francisco Guerreiro votou hoje contra o acordo sobre o Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura (FEAMPA) que foi aprovado pela Comissão das Pescas (PECH).
    LER MAIS
    Guerreiro vota a favor de INI sobre impacto do lixo marinho
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Guerreiro vota a favor de INI sobre impacto do lixo marinho

    Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2021
    Hoje, na Comissão das Pescas (PECH), Francisco Guerreiro (Verdes/ALE) votou a favor deste importante relatório de iniciativa (INI) sobre o impacto do lixo marinho nas pescas. Este relatório, para o qual o eurodeputado foi relator-sombra, deve ser aprovado, mais tarde, em Sessão Plenária no Parlamento Europeu.
    LER MAIS
    Francisco Guerreiro desafia Comité das Regiões a pronunciar-se sobre o RBI
  • Rendimento Básico Incondicional
  • Francisco Guerreiro desafia Comité das Regiões a pronunciar-se sobre o RBI

    Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro, Verdes/Aliança Livre Europeia (Verdes/ALE), incentivou hoje a instituição europeia do Comité das Regiões a pronunciar-se sobre o Rendimento Básico Incondicional (RBI).
    LER MAIS
    Guerreiro pede à UNESCO que trave destruição da Laurissilva
  • Ambiente
  • Guerreiro pede à UNESCO que trave destruição da Laurissilva

    Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2021
    Francisco Guerreiro pede à UNESCO que impeça a intenção de pavimentar quase 10 quilómetros na floresta Laurissilva.
    LER MAIS
    Guerreiro pede a Presidente da FIFA que seja garantida a igualdade de género no Mundial de Futebol
  • Igualdade de género
  • Guerreiro pede a Presidente da FIFA que seja garantida a igualdade de género no Mundial de Futebol

    Terça-feira, 16 de Fevereiro de 2021
    Vários eurodeputados expressaram uma forte preocupação com a realização do Campeonato Mundial de Futebol de 2022 no Qatar, nomeadamente, devido às restrições aos direitos das mulheres aplicadas neste país.
    LER MAIS
    Francisco Guerreiro e 64 outros eurodeputados apelam à suspensão do Acordo comercial com o Mercosul
  • Acordos comerciais
  • Francisco Guerreiro e 64 outros eurodeputados apelam à suspensão do Acordo comercial com o Mercosul

    Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2021
    Francisco Guerreiro reuniu outros 64 eurodeputados para pedir a suspensão do Acordo Comercial com o Mercosul durante a Presidência Portuguesa da União Europeia.
    LER MAIS
    Guerreiro quer impedir uso enganoso do termo 'natural' em produtos alimentares
  • Saúde
  • Guerreiro quer impedir uso enganoso do termo 'natural' em produtos alimentares

    Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2021
    Sob iniciativa do eurodeputado Francisco Guerreiro (Verdes/ALE), Membros do Parlamento Europeu querem acabar com o uso indevido da palavra ‘natural’ em produtos alimentares, pedindo à Comissão Europeia (CE) que a legislação alimentar da União Europeia defina o que pode ser considerado como um alimento ‘natural’.
    LER MAIS
    Verdes apelam ao acesso global e equitativo das vacinas da Covid-19
  • Covid-19
  • Saúde
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Verdes apelam ao acesso global e equitativo das vacinas da Covid-19

    Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2021
    O Grupo Parlamentar Verdes/ALE pede um acesso global e equitativo à vacina da Covid-19, um aumento massivo e apoio governamental para a sua produção, uma estratégia de contenção europeia, levantamento temporário de direitos de patentes, divulgação de contratos com fabricantes de vacinas e sistemas europeus procedimentos abrangentes para testar as mutações do vírus. Tudo com carácter de urgência.
    LER MAIS

    mais notícias

    Não encontras o que procuras?