Eurodeputados incitam governo belga a abandonar tratado de extradição com China

Eurodeputados incitam governo belga a abandonar tratado de extradição com China

  • Sexta-feira, 16 de Abril de 2021

  •      A+  A-

Bruxelas, 16 de abril de 2021 – Um coletivo de eurodeputados apelou ao Governo belga que abandone o tratado de extradição com a China para contrariar a perseguição abusiva de dissidentes políticos.

Preocupados com o abuso de poder do governo chinês, vários eurodeputados, membros do Grupo Informal de Vigilância de Hong Kong do Parlamento Europeu, subscreveram a uma carta enviada ao governo belga.

“[...]instamos-vos a proteger os indivíduos que correm o risco de extradição para a China e de serem alvos de detenção abusiva e de tortura na chegada à China devido às definições legais chinesas que, segundo o nosso entendimento, violam o Estado de Direito e os Direitos Humanos. A melhor maneira de [os proteger] seria de abolir o tratado de extradição com a China,” escrevem os signatários.

Lê esta carta abaixo.

Leia o documento em formato PDF

Partilhar artigo

Mais sobre Estado de Direito

Sessão plenária: Relatório de 2020, da Comissão, sobre o Estado de Direito
  • Sessão Plenária
  • Sessão plenária: Relatório de 2020, da Comissão, sobre o Estado de Direito

    Quinta-feira, 24 de Junho de 2021
    Vê aqui as declarações de voto de Francisco Guerreiro para a sessão plenária de 23 a 24 de junho de 2021.
    LER MAIS
    Situação do Estado de Direito na UE
  • Sessão Plenária
  • Situação do Estado de Direito na UE

    Quinta-feira, 10 de Junho de 2021
    Vê aqui as declarações de voto de Francisco Guerreiro para a sessão plenária de 7 a 10 de junho de 2021.
    LER MAIS
    Sessão plenária: Aplicação do Regulamento sobre o regime de condicionalidade do Estado de direito
  • Sessão Plenária
  • Sessão plenária: Aplicação do Regulamento sobre o regime de condicionalidade do Estado de direito

    Quinta-feira, 25 de Março de 2021
    Vê aqui as declarações de voto de Francisco Guerreiro para a sessão plenária de 24 e 25 de março de 2021.
    LER MAIS

    Não encontras o que procuras?