WWF: 'São agora 110 os subscritores domanifesto por uma recuperação económica justa e sustentável em Portugal'

WWF: 'São agora 110 os subscritores domanifesto por uma recuperação económica justa e sustentável em Portugal'

  • Terça-feira, 28 de Abril de 2020

  •      A+  A-

 

Manifesto publicado na semana passada foi subscrito por mais 15 entidades e individualidades ao longo da semana, reforçando o pedido ao Governo de uma recuperação económica que assegure uma sociedade mais justa, mais eficiente no consumo de recursos e mais resiliente. ONGs europeias lançam petição pública com o mesmo pedido à Comissão Europeia
Mais de 15 novas entidades e indivíduos assinaram ao longo da semana passada o ‘Manifesto por uma Recuperação Económica Justa e Sustentável em Portugal’, como é o caso do Eurodeputado Francisco Guerreiro, da atriz joana Seixas e do Centro Helen Keller, um número com tendência para crescer nos próximos dias, à medida que se discutem as medidas a implementar na reabertura da economia portuguesa. São já 110 os subscritores que pedem ao Governo Português para enfrentar esta crise sem precedentes com união, coragem política e inovação.
 
O promotor deste manifesto, a ANP|WWF, está a preparar uma proposta de medidas concretas para a recuperação económica para análise dos gabinetes do Primeiro-Ministro, Ministro do Ambiente e Ação Climática, Ministro da Economia e Ministra da Agricultura. As medidas incluem o investimento em maior eficiência energética, eletrificação dos transportes, sistemas alimentares sustentáveis, restauro ecológico, etc., e excluem o investimento em infraestruturas pesadas (estradas, aeroportos, barragens, etc.), combustíveis fósseis (incluindo isenções fiscais), agricultura de grande escala e intensidade, entre outros.
 
Por toda a Europa, pedidos semelhantes repetem-se nos diferentes países, sendo o mais recente um pedido conjunto feito à Comissão Europeia por 10 organizações não governamentais, entre as quais a WWF (World Wide Fund for Nature), a Greenpeace, a Health and Environment Alliance e a BirdLife Europe. A petição, lançada também em português, reitera a necessidade dos governos não voltarem ao “business as usual”, respondendo à crise com um modelo económico que “fomenta as desigualdades sociais, compromete a saúde e que tem levado a natureza e o nosso planeta ao colapso”.
 
O apelo deixado aos líderes políticos é para que “desenvolvam planos europeus e nacionais de Recuperação Sustentável”, o que implica aumentar as politicas contra as alterações climáticas e a perda de biodiversidade na UE, e a nível nacional, não fazer resgates a indústrias inviáveis ou poluentes que não têm futuro na economia de amanhã, como setores com elevadas emissões de carbono e outros potenciais poluentes como a agricultura intensiva.
 
As ONGs apelam para que se estabeleça um fundo de recuperação verde apoiado por todas as ferramentas financeiras europeias para financiar uma recuperação verde e justa, e a orientação do investimento publico e privado para acelerar a transição de sectores poluentes para verdes.
 
Pedem ainda ao Banco de Investimento Europeu que coloque as suas políticas de empréstimos em linha com os objetivos do Pacto Ecológico Europeu até ao final de 2020, devendo todos os planos de recuperação colocar o bem-estar das pessoas no coração da resposta à crise, fornecendo benefícios sociais e protegendo os direitos dos trabalhadores através de uma “transição justa para todos”.
 
Este apelo está aberto a signatários de organizações aqui.
 
 
Ao todo, 13 governos europeus, Membros do Parlamento Europeu, o Clube de Roma, cientistas, ONGs, 200 representantes de negócios e políticos, empresas energéticas, entre outros, têm subscrito pedidos e cartas que dão eco à necessidade de um plano de recuperação económica que integre a transição verde. Em Portugal o Manifesto reúne já 110 organizações e entidades que querem uma economia diferente para Portugal.

 

Lê a notícia aqui e aqui


Partilhar artigo

A ler também...

Expresso: 'Cinco perguntas e respostas para perceber a decisão do Parlamento Europeu de classificar a Rússia como patrocinadora de terrorismo'
  • Expresso
  • Expresso: 'Cinco perguntas e respostas para perceber a decisão do Parlamento Europeu de classificar a Rússia como patrocinadora de terrorismo'

    Quarta-feira, 23 de Novembro de 2022

    LER MAIS
    The Greens/EFA: 'Agreement on Budget Shows Focus in Times of Crises'
  • Geral
  • The Greens/EFA: 'Agreement on Budget Shows Focus in Times of Crises'

    Terça-feira, 15 de Novembro de 2022

    LER MAIS
    UPT: 'João Pedro Sousa participa na Fair Trade Marathon'
  • UPT
  • UPT: 'João Pedro Sousa participa na Fair Trade Marathon'

    Quinta-feira, 03 de Novembro de 2022

    LER MAIS
    Mais Superior: 'Tempo da Psicologia: Ambiente, realidade virtual e temas da atualidade no 5.º Congresso da Ordem dos Psicólogos Portugueses'
  • Mais Superior
  • Mais Superior: 'Tempo da Psicologia: Ambiente, realidade virtual e temas da atualidade no 5.º Congresso da Ordem dos Psicólogos Portugueses'

    Quinta-feira, 27 de Outubro de 2022

    LER MAIS
    Four Paws: 'MEP EPO ECI- Fur Free Europe'
  • Geral
  • Four Paws: 'MEP EPO ECI- Fur Free Europe'

    Sexta-feira, 21 de Outubro de 2022

    LER MAIS
    EU Political Report: 'EU Budget 2023'
  • Geral
  • EU Political Report: 'EU Budget 2023'

    Quarta-feira, 19 de Outubro de 2022

    LER MAIS
    Eventbrite: 'Roundtable breakfast discussion on methane from animal farming'
  • Geral
  • Eventbrite: 'Roundtable breakfast discussion on methane from animal farming'

    Quarta-feira, 19 de Outubro de 2022

    LER MAIS
    Publicystyka: 'REV na międzynarodowej konferencji Aquatic Life'
  • Geral
  • Publicystyka: 'REV na międzynarodowej konferencji Aquatic Life'

    Terça-feira, 18 de Outubro de 2022

    LER MAIS
    Allevents.in: 'Roundtable breakfast discussion on livestock methane'
  • Geral
  • Allevents.in: 'Roundtable breakfast discussion on livestock methane'

    Segunda-feira, 17 de Outubro de 2022

    LER MAIS
    Anda: 'Após sofrer diversos ciberataques, ANDA lança manifesto para pedir apoio e denunciar ameaças'
  • ANDA
  • Anda: 'Após sofrer diversos ciberataques, ANDA lança manifesto para pedir apoio e denunciar ameaças'

    Terça-feira, 04 de Outubro de 2022

    LER MAIS

    mais notícias