Postal.pt: 'Algarve: a COVID-19 e as alterações climáticas'

Postal.pt: 'Algarve: a COVID-19 e as alterações climáticas'

  • Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2021

  •      A+  A-

Artigo de opinião da autoria do eurodeputado Francisco Guerreiro: "Actualmente esta região excessivamente dependente do turismo ou de sectores agrícolas intensivos esforça-se para se manter à tona e demasiadas pessoas e empresas arriscam a pobreza e a insolvência"

ARegião Algarvia tem para mim um carinho especial porque desde tenra idade passo lá férias e períodos festivos, mais precisamente em Albufeira. Faz mais de 30 anos que vejo o crescimento da região, seja no barlavento ou sotavento, tal como no litoral e interior, e não há outra análise que se possa conceber se não que as políticas implementadas pelos governantes correntes, subentenda-se quem têm governado o Algarve (PS, PSD e CDS), colocaram a região à beira de um colapso social, económico e ambiental.

Numa região com elevado potencial turístico, sobretudo ligado à ecologia e à preservação dos ecossistemas, investiu-se na massificação pelo custo baixo e de curta duração. Vimos popular na orla costeira empreendimentos, marinas, passadiços, parques de estacionamento, e faltou a implementação uma visão adaptada à região algarvia e aos seus de longo prazo. Sem a capacidade de criar um sistema resiliente de produção alimentar (sem agrotóxicos e super intensividade), que promova o empreendorismo e a independência energética de pessoas, empresas e instituições, sem infraestruturas de comunicação assentes em energias 100% renováveis, sem uma estratégia de turismo que agregue estes elementos todos, e sobretudo, sem lideranças progressistas, assistimos à perda de milhares de milhões de euros, ao longo destes anos. Acresce a precariedade de múltiplos postos de trabalho devido à sazonalidade de muitos sectores e a falta de visão municipal, regional e nacional para garantir a fixação de indústrias e empresas com alto valor acrescentado.

E, num cenário de profundas alterações climáticas, os dados científicos recentes mostram que a região será duramente afectada. É incompreensível que se olhe para o Algarve e se continue a planear como se estivessemos na década de 70. Casos como a falta de protecção para as Alagoas Brancas, em Lagoa, o incentivo ao cultivo de produções agrícolas super intensivas, de abacateiros por exemplo, ou mesmo a constante poluição costeira por resíduos plásticos e a falta de capacidade de muitas ETARS no período de Verão, demonstra que pouco se mudará se continuarmos a pensar que estes problemas são pontuais e não sintomas de uma estrutura disfuncional de poder público.

Pior, a covid-19 demonstrou-nos a fragilidade deste planeamento urbanístico, económico e social de curto prazo. Actualmente esta região excessivamente dependente do turismo ou de sectores agrícolas intensivos esforça-se para se manter à tona e demasiadas pessoas e empresas arriscam a pobreza e a insolvência. Como não planeámos construir com os cidadãos uma região resiliente, mais independente a nível energético, com mais capacidade de empreendorismo e com flexibilidade de se adaptar perante fenómenos extremos, como a COVID-19, os reflexos estão à vista.

Talvez consiga sumarizar com o que vi acontecer à zona dos Salgados ao longo dos anos onde um local que era praticamente inóspito e virgem agora é povoado por empreendimentos turísticos, muitos deles vazios, rodeado de parques de estacionamento, passadiços, redes de arame e concessionários de praia. Mercantiliza-se tudo e nada se preserva. Assim vão os destinos desta belíssima região que tem muito mais que praia, urbanismo desmesurado e turismo de massas.

Lê a notícia aqui


Partilhar artigo

A ler também...

Nova Gente: Cascais, a vila de betão
  • Nova Gente
  • Nova Gente: Cascais, a vila de betão

    Quarta-feira, 07 de Abril de 2021

    LER MAIS
    Nova Gente: Em guerra com os oceanos
  • Nova Gente
  • Nova Gente: Em guerra com os oceanos

    Quarta-feira, 31 de Março de 2021

    LER MAIS
    Público: 'Novo regulamento das pescas da UE traz um melhor controlo sobre as espécies ou cria um Big Brother?'
  • Público
  • Público: 'Novo regulamento das pescas da UE traz um melhor controlo sobre as espécies ou cria um Big Brother?'

    Segunda-feira, 29 de Março de 2021

    LER MAIS
    The Worl News: 'Novo regulamento das pescas da UE traz um melhor controlo sobre as espécies ou cria um Big Brother?'
  • The World News
  • The Worl News: 'Novo regulamento das pescas da UE traz um melhor controlo sobre as espécies ou cria um Big Brother?'

    Segunda-feira, 29 de Março de 2021

    LER MAIS
    Nova Gente: Tempo
  • Geral
  • Nova Gente: Tempo

    Sexta-feira, 26 de Março de 2021

    LER MAIS
    ANDA: 'Portugal e Brasil unidos pelo ambiente e pelos animais' - Ep2
  • ANDA
  • ANDA: 'Portugal e Brasil unidos pelo ambiente e pelos animais' - Ep2

    Quinta-feira, 18 de Março de 2021

    LER MAIS
    Nova Gente: Plano de recuperação e Resi...qualquer coisa
  • Nova Gente
  • Nova Gente: Plano de recuperação e Resi...qualquer coisa

    Quarta-feira, 17 de Março de 2021

    LER MAIS
    Nova Gente: A mordaça em torno de Hong Kong
  • Nova Gente
  • Nova Gente: A mordaça em torno de Hong Kong

    Quarta-feira, 17 de Março de 2021

    LER MAIS
    Público: 'Francisco Guerreiro não prevê alterações substanciais no PAN com a saída de André Silva'
  • Público
  • Público: 'Francisco Guerreiro não prevê alterações substanciais no PAN com a saída de André Silva'

    Terça-feira, 16 de Março de 2021

    LER MAIS
    Público: 'O Caos Climático aproxima-se!'
  • Público
  • Público: 'O Caos Climático aproxima-se!'

    Segunda-feira, 15 de Março de 2021

    LER MAIS

    mais notícias