Nova Gente: 'Activismo climático na perspectiva de Van Gogh'

Nova Gente: 'Activismo climático na perspectiva de Van Gogh'

  • Terça-feira, 25 de Outubro de 2022

  •      A+  A-

Sopa de tomate foi o elemento usado para “pintar” um quadro de Vincent van Gogh, na National Gallery em Londres, como protesto contra o investimento governamental do Reino Unido na indústria petrolífera.
Este acto demonstra uma desobediência civil pacífica, mas proactiva, na luta pela sobrevivência da espécie humana. Pode bem parecer catastrofista, mas os dados climáticos são efectivamente aterradores e esta, quase, inevitabilidade de destruirmos o sistema ecológico mundial leva muitos à ansiedade climática e à necessidade de agir de forma contundente para que todos priorizem esta que é a batalha das nossas vidas.


Há, porém, um argumento contra este tipo de activismo que se prende com a possível sensação de impunidade de que os meios justificam os fins. É que pese embora esta acção tenha sido planeada para não danificar efectivamente a pintura, visto que estava protegida com vidro, existe hoje em dia uma voraz rapidez virtual que leva muitos a lerem apenas títulos e a não aprofundarem os detalhes de tais actos. Esta leitura na diagonal, largamente condicionada por um jornalismo cada vez mais acrítico e dirrecionado para o clickbait (sensacionalismo jornalístico), pode efectivamente transparecer que tudo vale na luta por uma determinada causa.


Mais, o debate geral pode-se focar na acção dos activistas e menos no objectivo da acção em si. Este desvio do foco tenderá a ajudar mais quem trabalha para manter o status quo, ao apontar para o “radicalismo” climático, que à mudança efectiva de comportamentos sociais, económicos e políticos.
Em suma, concordemos ou não com esta acção de protesto uma coisa me parece clara: é de esperar mais. Pois o actual modelo económico e social continua a bater recordes nas emissões de gases com efeitos de estufa e, consequentemente, teremos mais desastres naturais ligados a esta crise ecológica o que gerará, inevitavelmente, mais acções de contrapoder.

 Lê a notícia aqui


Partilhar artigo

Mais sobre Nova Gente

Nova Gente: 'Trump Bolsonaro e Ventura os irmãos metralha'
  • Geral
  • Nova Gente: 'Trump Bolsonaro e Ventura os irmãos metralha'

    Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2023

    LER MAIS
    Nova Gente: ' República (Im)Popular da China'
  • Geral
  • Nova Gente: ' República (Im)Popular da China'

    Quarta-feira, 11 de Janeiro de 2023

    LER MAIS
    Nova Gente: ' 2023: Um ano decisivo'
  • Geral
  • Nova Gente: ' 2023: Um ano decisivo'

    Quarta-feira, 04 de Janeiro de 2023

    LER MAIS
    Nova Gente: 'Reflexões sobre a Educação - Acto IV'
  • Geral
  • Nova Gente: 'Reflexões sobre a Educação - Acto IV'

    Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2022

    LER MAIS
    Nova Gente: ' Reflexões sobre Educação - Acto III'
  • Geral
  • Nova Gente: ' Reflexões sobre Educação - Acto III'

    Terça-feira, 20 de Dezembro de 2022

    LER MAIS
    Nova Gente: ' Reflexões sobre Educação - Acto II'
  • Geral
  • Nova Gente: ' Reflexões sobre Educação - Acto II'

    Terça-feira, 13 de Dezembro de 2022

    LER MAIS
    Nova Gente: '186 mil milhões para quem cumpre a lei'
  • Geral
  • Nova Gente: '186 mil milhões para quem cumpre a lei'

    Terça-feira, 29 de Novembro de 2022

    LER MAIS
    Nova Gente: 'Emissões Impossíveis: O peso do Metano na Pecuária'
  • Geral
  • Nova Gente: 'Emissões Impossíveis: O peso do Metano na Pecuária'

    Quarta-feira, 23 de Novembro de 2022

    LER MAIS
    Nova Gente: 'Pico do petróleo: o conceito que todos deveriam conhecer'
  • Geral
  • Nova Gente: 'Pico do petróleo: o conceito que todos deveriam conhecer'

    Segunda-feira, 21 de Novembro de 2022

    LER MAIS
    Nova Gente: 'LGBTI: 25 anos de Trabalho Europeu'
  • Geral
  • Nova Gente: 'LGBTI: 25 anos de Trabalho Europeu'

    Quinta-feira, 17 de Novembro de 2022

    LER MAIS

    mais notícias