Pergunta à Comissão: Eficácia dos equipamentos de atordoamento para peixes

Pergunta à Comissão: Eficácia dos equipamentos de atordoamento para peixes

  • Segunda-feira, 06 de Janeiro de 2020

  •      A+  A-

Assunto: Eficácia dos equipamentos de atordoamento para peixes 

No seu relatório de março de 2018 ao Parlamento Europeu e ao Conselho sobre a possibilidade de introduzir certos requisitos no que se refere à proteção dos peixes no momento da occisão (COM (2018) 87 final), a Comissão identificou que muitos dos dispositivos de atordoamento usados comummente não foram desenvolvidos em conjunto com institutos de investigação.

O relatório identifica que a sua eficácia é, portanto, desconhecida e que não se sabe se os padrões de bem-estar animal da OIE estão a ser cumpridos nestes casos. Visitas de estudo demonstraram que estes dispositivos levam muito mais tempo para o peixe ficar inconsciente do que o 1 segundo exigido pelos padrões da OIE e confirmado pelas opiniões científicas da EFSA. 

À luz disto, poderia a Comissão explicar:

1. Que medidas foram tomadas para verificar a eficácia destes dispositivos atordoantes? 

2. Que medidas tomou a Comissão para envolver os investigadores nesta área e apoiar os aquicultores na adoção de equipamentos de atordoamento eficazes? 

3. Como tenciona a Comissão melhorar o desenvolvimento de dispositivos de atordoamento eficazes e os meios para a sua avaliação no futuro?

 

Resposta escrita 

Apesar de o setor da pesca ser o principal responsável pelo desenvolvimento de dispositivos de atordoamento, a UE também financiou alguns projetos de investigação sobre o atordoamento de peixes de viveiro, tais como o MAXIMUS(1) e o ICE2LAST(2).

As autoridades competentes continuam a ser responsáveis por verificar se os peixes são poupados a toda a dor, aflição ou sofrimento evitáveis durante a occisão e operações complementares(3). 

Neste contexto, a Comissão considera que os Estados-Membros dispõem de informações técnicas(4) e científicas(5) suficientes para desenvolver normas nacionais exaustivas em matéria de proteção dos peixes no momento da occisão.

Em 2019, a Comissão deu início a uma avaliação da estratégia da UE para o bem-estar dos animais de 2012-2015(6). Prevê-se que a avaliação esteja concluída no final de 2020. Paralelamente, no contexto do Pacto Ecológico Europeu(7), a Comissão tenciona apresentar uma estratégia «do prado ao prato» na primavera de 2020, que terá igualmente em conta o bem-estar dos animais. Além disso, a revisão das orientações estratégicas para o desenvolvimento sustentável da aquicultura da UE, a adotar no outono de 2020, contemplará igualmente os problemas em matéria de bem-estar dos peixes. 

A avaliação da estratégia da UE para o bem-estar dos animais, a estratégia «do prado ao prato» e a revisão das orientações estratégicas para o desenvolvimento sustentável da aquicultura da UE contribuirão para a conceção de atividades futuras no domínio do bem-estar dos animais.

 

(1)       https://cordis.europa.eu/project/rcn/101647/factsheet/en

(2)       https://www.fabiodisconzi.com/open-h2020/projects/205129/index.html

(3)       Artigo 3.° do Regulamento (CE) n.° 1099/2009 relativo à proteção dos animais no momento da occisão (JO L 303 de 18.11.2009, p. 1).

(4)       Capítulo 7.3 do Código Sanitário para os Animais Aquáticos da OIE. Aspetos de bem-estar relativos ao atordoamento e à occisão de peixes de viveiro para consumo humano.

(5)       Pareceres científicos da EFSA sobre o atordoamento das principais espécies de peixes:

https://www.efsa.europa.eu/en/topics/topic/fish-welfare

(6)       (COM(2012)0006) final.

(7)       (COM(2019) 640) final.


Partilhar artigo

A ler também...

1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu
  • Ambiente
  • Direitos Sociais
  • Lei do Clima
  • Política Agrícola Comum
  • Verdes/ALE
  • 1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu

    Quarta-feira, 28 de Julho de 2021
    O último ano do deputado Francisco Guerreiro como membro independente do Parlamento Europeu ficou marcado pelo trabalho em volta da Política Agrícola Comum, do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura e da Lei do Clima.
    LER MAIS
    Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores
  • Ambiente
  • Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores

    Segunda-feira, 12 de Julho de 2021
    O eurodeputado dos Verdes/Aliança Verde Europeia (Verdes/ALE), Francisco Guerreiro, questionou a Comissão Europeia (CE) sobre o financiamento europeu da construção de uma incineradora na ilha de São Miguel, Açores.
    LER MAIS
    PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos
  • Animais
  • PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos

    Sexta-feira, 09 de Julho de 2021
    Foi descartada, esta semana, uma emenda introduzida pelo eurodeputado dos Verdes/Aliança Livre Europeia (Verdes/ALE) e Vice-Presidente da Comissão da Agricultura e do Desenvolvimento Rural (AGRI), Francisco Guerreiro, sobre a tauromaquia.
    LER MAIS
    Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Ambiente
  • Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF

    Quinta-feira, 08 de Julho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos participantes do ciclo de debates da Associação Natureza Portugal em colaboração com a World Wide Fund For Nature (ANPIWWF).
    LER MAIS
    Fundo dos Assuntos Marítimos e das Pescas aprovado com voto contra dos Verdes/ALE
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Ambiente
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Fundo dos Assuntos Marítimos e das Pescas aprovado com voto contra dos Verdes/ALE

    Quarta-feira, 07 de Julho de 2021
    O Parlamento Europeu aprovou hoje o acordo sobre o Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura (FEAMPA). Enquanto relator-sombra pelo Grupo dos Verdes/ALE, o eurodeputado Francisco Guerreiro introduziu uma emenda para a rejeição do acordo, porém, a mesma foi chumbada por 516 votos contra e apenas 143 a favor.
    LER MAIS
    Guerreiro preside reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais
  • Animais
  • Verdes/ALE
  • Guerreiro preside reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais

    Quinta-feira, 01 de Julho de 2021
    O eurodeputado dos Verdes/Aliança Livre Europeia presidiu hoje a reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais sobre o ‘Relatório de Implementação sobre Bem-Estar dos Animais de Criação’ pelo qual é também relator-sombra.
    LER MAIS
    Comissão Europeia elimina jaulas na pecuária até 2027
  • Animais
  • Comissão Europeia elimina jaulas na pecuária até 2027

    Quarta-feira, 30 de Junho de 2021
    A Comissão Europeia (CE) comprometeu-se hoje a eliminar gradualmente as jaulas na pecuária, em toda a União Europeia (UE), estudando a possibilidade de a proibição entrar em vigor em 2027. A proposta legislativa vai ser apresentada até ao fim de 2023, juntamente com a revisão da legislação de bem-estar animal, já prometida na estratégia política alimentar da UE, a Estratégia ‘Do Prado ao Prato’.
    LER MAIS
    Fim da Presidência portuguesa: (In)Ação climática e acordo na Política Agrícola Comum ditam avaliação negativa
  • Presidência do Conselho da UE
  • Fim da Presidência portuguesa: (In)Ação climática e acordo na Política Agrícola Comum ditam avaliação negativa

    Quarta-feira, 30 de Junho de 2021
    Esta quarta-feira, dia 30 de junho, termina o semestre português na Presidência do Conselho da União Europeia. Apesar de alguns pontos positivos, nomeadamente em matérias orçamentais e de transparência fiscal (e.g. acordo sobre a Diretiva de Divulgação Pública de Informações por País) houve um fracasso generalizado no que concerne a matérias climáticas e no panorama internacional, nomeadamente no relacionamento com a China e com os países do Mercosul.
    LER MAIS
    Guerreiro participa em conferência sobre qualidade alimentar
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Guerreiro participa em conferência sobre qualidade alimentar

    Terça-feira, 29 de Junho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro participou hoje na conferência 'Capacitar Organizações de Consumidores: Rumo a uma abordagem harmonizada para lidar com a dupla qualidade em produtos alimentícios' (ECO, na sua sigla em inglês) na qual falou do combate à dupla qualidade alimentar, na União Europeia.
    LER MAIS
    SAFE: Francisco Guerreiro debate qualidade dos alimentos
  • Política Agrícola Comum
  • SAFE: Francisco Guerreiro debate qualidade dos alimentos

    Terça-feira, 29 de Junho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos oradores da conferência da SAFE "Dual Food Quality: Empowering Consumer Organizations".
    LER MAIS

    mais notícias

    Não encontras o que procuras?