Pergunta à CE: Revisão da RTE-E, plano decenal de desenvolvimento da rede e 5.ª lista de projetos de interesse comum

Pergunta à CE: Revisão da RTE-E, plano decenal de desenvolvimento da rede e 5.ª lista de projetos de interesse comum

  • Quarta-feira, 01 de Julho de 2020

  •      A+  A-

Veja aqui a pergunta conjunta dos eurodeputados dos Verdes/ALE Francisco Guerreiro, Marie Toussaint, Rasmus Andresen, Anna Cavazzini, Daniel Freund, Henrike Hahn, Jutta Paulus, Michael Bloss, Reinhard Bütikofer, Sven Giegold, Kira Marie Peter-Hansen, Margrete Auken, François Alfonsi, Benoît Biteau, Damien Carême, David Cormand, Gwendoline Delbos-Corfield, Claude Gruffat, Caroline Roose, Mounir Satouri, Salima Yenbou, Pär Holmgren, Alice Kuhnke, Jakop G. Dalunde, Tilly Metz, Ciarán Cuffe, Grace O'Sullivan, Ernest Urtasun, Ville Niinistö, Petros Kokkalis (GUE/NGL), Manuel Bompard (GUE/NGL), Manon Aubry (GUE/NGL), Leila Chaibi (GUE/NGL), Marc Botenga (GUE/NGL), Nikolaj Villumsen (GUE/NGL), Piernicola Pedicini (NI), Rosa D'Amato (NI), Eleonora Evi (NI), Fabio Massimo Castaldo (NI), Raphaël Glucksmann (S&D), Aurore Lalucq (S&D), Marianne Vind (S&D), Maria Arena (S&D), Pascal Durand (Renew), Karima Delli (Verts/ALE) e Yannick Jadot (Verts/ALE).

A pergunta e respetiva resposta da Comissão Europeia trata da revisão da RTE-E, plano decenal de desenvolvimento da rede e 5.ª lista de projetos de interesse comum.

Assunto: Revisão da RTE-E, plano decenal de desenvolvimento da rede e 5.ª lista de projetos de interesse comum

Em 2019 a Comissão aprovou a 4.ª lista de projetos de interesse comum. Neste momento a Comissão está a rever o Regulamento RTE-E, de modo a incluir critérios vinculativos coerentes com os objetivos climáticos e o «Pacto Ecológico» e tendo em vista a introdução de uma estrutura de governação democrática para o planeamento e a seleção dos projetos. Neste contexto de recuperação, cada euro deve servir o nosso futuro: O orçamento do Mecanismo Interligar a Europa para a energia após 2020 foi reduzido para 5,18 mil milhões de euros e não podemos correr o risco de desperdiçar um único euro em combustíveis fósseis.

1. Como tenciona a Comissão ter em conta, na revisão da RTE-E e nas disposições transitórias para a 5.ª lista de projetos de interesse comum, o facto de, segundo as previsões da própria Comissão e outras previsões, a procura geral de gás vir a diminuir no futuro, o que prova que a rede de gás existente é suficiente mesmo em caso de problemas de segurança do aprovisionamento como, por exemplo, perturbações?

2. A Comissão tenciona desenvolver um novo plano decenal de desenvolvimento da rede e uma previsão energética a longo prazo através de um processo democrático e transparente consentâneo com os objetivos climáticos, alinhando as infraestruturas energéticas com o princípio da suficiência, a fim de reduzir a procura de energia?

3. No contexto da COVID-19, como tenciona a Comissão assegurar que a 5.ª lista promoverá projetos que respeitam os critérios de sustentabilidade e que são suscetíveis de contribuir ativamente para a recuperação a curto prazo da UE?

 

Resposta escrita

 

1. Com efeito, espera-se que, em 2022, quando os projetos de interesse comum (PIC) atualmente em construção no domínio do gás forem concluídos, a UE passe a dispor de uma rede de gás bem interligada e resiliente. No processo de elaboração da 5.a lista de PIC, os grupos regionais das RTE-E utilizarão uma metodologia de avaliação de PIC baseando-se num cenário coerente com as mais recentes previsões da Comissão, que incluirão previsões de procura de eletricidade e de gás consistentes com as metas da UE para 2030 e 2050 em matéria de energia e clima. 

2. As redes europeias dos operadores das redes de transporte (REORT) elaboram bienalmente planos decenais de desenvolvimento das redes de eletricidade e de gás com base em cenários discutidos com a Comissão e com as partes interessadas. A Comissão está a trabalhar com as REORT para afinar os pressupostos dos planos decenais e adaptá-los aos objetivos climáticos da UE. A revisão do Regulamento RTE-E abordará(1) a governação do planeamento de infraestruturas a fim de refletir as novas categorias de infraestruturas e a participação das partes interessadas pertinentes.

3. A Comissão envidará esforços para que a lista de PIC integre mais projetos suscetíveis de contribuir de forma imediata para a recuperação económica e apoiar os objetivos do Pacto Ecológico Europeu, por exemplo em matéria de energias de fontes renováveis, entre outras. Será utilizado um critério de sustentabilidade atualizado para a avaliação dos projetos candidatos à 5.a lista de PIC.

 

(1)       Como estabelecido no roteiro/avaliação de impacto inicial da revisão das orientações para a RTE-E:

https://ec.europa.eu/info/law/better-regulation/have-your-say/initiatives/12382-Revision-of-the-guidelines-for-trans-European-Energy-infrastructure


Partilhar artigo

A ler também...

1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu
  • Ambiente
  • Direitos Sociais
  • Lei do Clima
  • Política Agrícola Comum
  • Verdes/ALE
  • 1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu

    Quarta-feira, 28 de Julho de 2021
    O último ano do deputado Francisco Guerreiro como membro independente do Parlamento Europeu ficou marcado pelo trabalho em volta da Política Agrícola Comum, do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura e da Lei do Clima.
    LER MAIS
    Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores
  • Ambiente
  • Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores

    Segunda-feira, 12 de Julho de 2021
    O eurodeputado dos Verdes/Aliança Verde Europeia (Verdes/ALE), Francisco Guerreiro, questionou a Comissão Europeia (CE) sobre o financiamento europeu da construção de uma incineradora na ilha de São Miguel, Açores.
    LER MAIS
    PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos
  • Animais
  • PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos

    Sexta-feira, 09 de Julho de 2021
    Foi descartada, esta semana, uma emenda introduzida pelo eurodeputado dos Verdes/Aliança Livre Europeia (Verdes/ALE) e Vice-Presidente da Comissão da Agricultura e do Desenvolvimento Rural (AGRI), Francisco Guerreiro, sobre a tauromaquia.
    LER MAIS
    Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Ambiente
  • Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF

    Quinta-feira, 08 de Julho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos participantes do ciclo de debates da Associação Natureza Portugal em colaboração com a World Wide Fund For Nature (ANPIWWF).
    LER MAIS
    Fundo dos Assuntos Marítimos e das Pescas aprovado com voto contra dos Verdes/ALE
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Ambiente
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Fundo dos Assuntos Marítimos e das Pescas aprovado com voto contra dos Verdes/ALE

    Quarta-feira, 07 de Julho de 2021
    O Parlamento Europeu aprovou hoje o acordo sobre o Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura (FEAMPA). Enquanto relator-sombra pelo Grupo dos Verdes/ALE, o eurodeputado Francisco Guerreiro introduziu uma emenda para a rejeição do acordo, porém, a mesma foi chumbada por 516 votos contra e apenas 143 a favor.
    LER MAIS
    Guerreiro preside reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais
  • Animais
  • Verdes/ALE
  • Guerreiro preside reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais

    Quinta-feira, 01 de Julho de 2021
    O eurodeputado dos Verdes/Aliança Livre Europeia presidiu hoje a reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais sobre o ‘Relatório de Implementação sobre Bem-Estar dos Animais de Criação’ pelo qual é também relator-sombra.
    LER MAIS
    Comissão Europeia elimina jaulas na pecuária até 2027
  • Animais
  • Comissão Europeia elimina jaulas na pecuária até 2027

    Quarta-feira, 30 de Junho de 2021
    A Comissão Europeia (CE) comprometeu-se hoje a eliminar gradualmente as jaulas na pecuária, em toda a União Europeia (UE), estudando a possibilidade de a proibição entrar em vigor em 2027. A proposta legislativa vai ser apresentada até ao fim de 2023, juntamente com a revisão da legislação de bem-estar animal, já prometida na estratégia política alimentar da UE, a Estratégia ‘Do Prado ao Prato’.
    LER MAIS
    Fim da Presidência portuguesa: (In)Ação climática e acordo na Política Agrícola Comum ditam avaliação negativa
  • Presidência do Conselho da UE
  • Fim da Presidência portuguesa: (In)Ação climática e acordo na Política Agrícola Comum ditam avaliação negativa

    Quarta-feira, 30 de Junho de 2021
    Esta quarta-feira, dia 30 de junho, termina o semestre português na Presidência do Conselho da União Europeia. Apesar de alguns pontos positivos, nomeadamente em matérias orçamentais e de transparência fiscal (e.g. acordo sobre a Diretiva de Divulgação Pública de Informações por País) houve um fracasso generalizado no que concerne a matérias climáticas e no panorama internacional, nomeadamente no relacionamento com a China e com os países do Mercosul.
    LER MAIS
    Guerreiro participa em conferência sobre qualidade alimentar
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Guerreiro participa em conferência sobre qualidade alimentar

    Terça-feira, 29 de Junho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro participou hoje na conferência 'Capacitar Organizações de Consumidores: Rumo a uma abordagem harmonizada para lidar com a dupla qualidade em produtos alimentícios' (ECO, na sua sigla em inglês) na qual falou do combate à dupla qualidade alimentar, na União Europeia.
    LER MAIS
    SAFE: Francisco Guerreiro debate qualidade dos alimentos
  • Política Agrícola Comum
  • SAFE: Francisco Guerreiro debate qualidade dos alimentos

    Terça-feira, 29 de Junho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos oradores da conferência da SAFE "Dual Food Quality: Empowering Consumer Organizations".
    LER MAIS

    mais notícias

    Não encontras o que procuras?