Pergunta à CE: Planos de gestão e monitorização para os sítios marinhos Natura 2000

Pergunta à CE: Planos de gestão e monitorização para os sítios marinhos Natura 2000

  • Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020

  •      A+  A-

Veja aqui a pergunta conjunta dos eurodeputados dos Verdes/ALE Francisco Guerreiro, Ska Keller, Caroline Roose e Grace O'Sullivan sobre os planos de gestão e monitorização para os sítios marinhos Natura 2000.

Assunto: Planos de gestão e monitorização para os sítios marinhos Natura 2000

A saúde dos oceanos é essencial para a sobrevivência de muitas espécies, mas é ameaçada por múltiplos fatores de tensão. O objetivo da rede Natura 2000 é assegurar a sobrevivência a longo prazo das espécies e dos habitats mais ameaçados da Europa, enumerados na Diretiva Aves e na Diretiva Habitats. Em conformidade com esta última, as autoridades competentes dos Estados-Membros em causa são responsáveis pela aplicação das medidas de conservação nos respetivos sítios marinhos Natura 2000.

Embora 12,4 % das zonas marinhas da UE sejam designadas para proteção, os relatórios (em anexo) indicam que apenas 1,8 % dessas zonas são abrangidas por áreas marinhas protegidas (AMP) com planos de gestão. Um outro estudo avaliou 1062 AMP do Mediterrâneo e concluiu que, apesar de 6,01 % do Mediterrâneo ser abrangido por medidas de proteção, em 95 % desta área não se constatam diferenças entre os regulamentos impostos no interior das AMP e os regulamentos aplicáveis no exterior dessas áreas. As áreas com níveis de proteção completos representam apenas 0,23 % da bacia, sendo essa proteção distribuída de forma desigual pelas fronteiras políticas e ecorregiões.

Tendo em conta o incumprimento persistente desta obrigação jurídica, que medidas tenciona a Comissão tomar para assegurar que os Estados-Membros apliquem planos de gestão e execução adequados para os seus sítios marinhos Natura 2000 (AMP), de modo a alcançar um bom estado ambiental?

 

Resposta escrita

 

A gestão eficaz de todas as áreas marinhas protegidas, incluindo os sítios Natura 2000, constitui uma prioridade elevada para a Comissão e um dos principais compromissos da Estratégia de Biodiversidade da UE para 2030.

A plena aplicação e execução da legislação ambiental da UE está no cerne da estratégia. No que diz respeito às diretivas Aves e Habitats, a sua aplicação centra-se atualmente, por exemplo, na conclusão da rede Natura 2000 e na garantia de uma gestão eficaz de todos os sítios. A Comissão deu início a processos por infração contra doze Estados-Membros, onze dos quais com um território marinho, por falta de definição e aplicação de objetivos e medidas de conservação nos sítios Natura 2000. A Comissão está a investigar o cumprimento das disposições legais aplicáveis a outros treze Estados-Membros.

Muitos dos compromissos assumidos na Estratégia de Biodiversidade deverão contribuir para melhorar a gestão das áreas marinhas protegidas, nomeadamente os que visam: restaurar os ecossistemas marinhos, incluindo ecossistemas ricos em carbono e importantes zonas de desova e de reprodução de peixes; eliminar ou reduzir as capturas acessórias de espécies protegidas; limitar a utilização de artes de pesca em contacto com o fundo; estabelecer medidas de gestão das pescas e propor um plano de ação para a conservação dos recursos pesqueiros e a proteção dos ecossistemas marinhos. A fim de ajudar os Estados-Membros e permitir o acompanhamento dos progressos realizados, a Comissão apoiará, a partir de 2021, o desenvolvimento de um sistema de avaliação da eficácia da gestão dos sítios marinhos Natura 2000 e de outras áreas marinhas protegidas. 



Estratégia de Biodiversidade da UE para 2030 — Trazer a natureza de volta às nossas vidas. [COM(2020) 380 final, https://ec.europa.eu/environment/nature/biodiversity/strategy/index_en.htm].

Diretiva 2009/147/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 30 de novembro de 2009, relativa à conservação das aves selvagens (JO L 20 de 26.1.2010, p. 7).

Diretiva 92/43/CEE do Conselho, de 21 de maio de 1992, relativa à preservação dos habitats naturais e da fauna e da flora selvagens (JO L 206 de 22.7.1992, p. 7).


Partilhar artigo

A ler também...

Francisco Guerreiro visita fábrica de alheiras vegetarianas
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Francisco Guerreiro visita fábrica de alheiras vegetarianas

    Segunda-feira, 20 de Setembro de 2021
    O eurodeputado dos Verdes/Aliança Livre Europeia, Francisco Guerreiro, visitou hoje a fábrica de alheiras da EuroFumeiro, em Mirandela, para conhecer o processo de produção de alheiras vegetarianas.
    LER MAIS
    Parlamento Europeu pede redução concreta e coordenada de testes em animais
  • Animais
  • Parlamento Europeu pede redução concreta e coordenada de testes em animais

    Quinta-feira, 16 de Setembro de 2021
    Foi hoje aprovada na sessão plenária de Estrasburgo uma resolução do Parlamento Europeu (PE) "sobre os planos e as ações para acelerar a transição para a inovação sem recurso à utilização de animais na investigação, nos ensaios regulamentares e na educação", com 667 votos favor, 4 contra, 16 abstenções.
    LER MAIS
    Autárquicas 2021: Francisco Guerreiro apoia candidatura do partido Volt em Lisboa
  • Política Nacional
  • Autárquicas 2021: Francisco Guerreiro apoia candidatura do partido Volt em Lisboa

    Terça-feira, 14 de Setembro de 2021
    O eurodeputado independente Francisco Guerreiro, membro dos Verdes/Aliança Livre Europeia entra na campanha autárquica anunciando o seu apoio à candidatura do partido Volt, em Lisboa, encabeçada por Tiago de Matos Gomes.
    LER MAIS
    Alterações Climáticas: Eurodeputados dos Verdes pedem à CE que actue de forma urgente
  • Alterações Climáticas
  • Alterações Climáticas: Eurodeputados dos Verdes pedem à CE que actue de forma urgente

    Terça-feira, 14 de Setembro de 2021
    Vários eurodeputados dos Verdes/ Aliança Livre Europeia endereçaram uma carta à Presidente e Vice-Presidente da Comissão Europeia a pedir rapidez na actuação da CE face às alterações climáticas, no âmbito do pacote "Fit for 55".
    LER MAIS
    Comissões de Agricultura e Ambiente do PE aprovam Estratégia Farm to Fork
  • Ambiente
  • Comissões de Agricultura e Ambiente do PE aprovam Estratégia Farm to Fork

    Sexta-feira, 10 de Setembro de 2021
    Foi hoje adotado pela Comissão de Agricultura e Desenvolvimento Rural e pela Comissão de Saúde Pública, Segurança Alimentar e Ambiente do Parlamento Europeu o relatório que expressa a sua opinião conjunta face à Estratégia Farm to Fork, desenvolvida pela Comissão Europeia.
    LER MAIS
    Francisco Guerreiro envia queixa à ERC contra RTP
  • Media
  • Francisco Guerreiro envia queixa à ERC contra RTP

    Quarta-feira, 08 de Setembro de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro enviou uma queixa à Entidade Reguladora da Comunicação (ERC), devido à exclusão do programa ‘Eurodeputados’, emitido na RTP2.
    LER MAIS
    1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu
  • Ambiente
  • Verdes/ALE
  • 1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu

    Quarta-feira, 28 de Julho de 2021
    O último ano do deputado Francisco Guerreiro como membro independente do Parlamento Europeu ficou marcado pelo trabalho em volta da Política Agrícola Comum, do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura e da Lei do Clima.
    LER MAIS
    Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores
  • Ambiente
  • Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores

    Segunda-feira, 12 de Julho de 2021
    O eurodeputado dos Verdes/Aliança Verde Europeia (Verdes/ALE), Francisco Guerreiro, questionou a Comissão Europeia (CE) sobre o financiamento europeu da construção de uma incineradora na ilha de São Miguel, Açores.
    LER MAIS
    PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos
  • Animais
  • PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos

    Sexta-feira, 09 de Julho de 2021
    Foi descartada, esta semana, uma emenda introduzida pelo eurodeputado dos Verdes/Aliança Livre Europeia (Verdes/ALE) e Vice-Presidente da Comissão da Agricultura e do Desenvolvimento Rural (AGRI), Francisco Guerreiro, sobre a tauromaquia.
    LER MAIS
    Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF

    Quinta-feira, 08 de Julho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos participantes do ciclo de debates da Associação Natureza Portugal em colaboração com a World Wide Fund For Nature (ANPIWWF).
    LER MAIS

    mais notícias

    Não encontras o que procuras?