Pergunta à CE: Demora nas respostas da Comissão às queixas relativas ao transporte de animais

Pergunta à CE: Demora nas respostas da Comissão às queixas relativas ao transporte de animais

  • Segunda-feira, 05 de Outubro de 2020

  •      A+  A-

Veja aqui a pergunta conjunto de Francisco Guerreiro, Eleonora Evi (NI), Anja Hazekamp (GUE/NGL), Pascal Durand (Renew), Maria Noichl (S&D), Chrysoula Zacharopoulou (Renew), Veronika Vrecionová (ECR), Tilly Metz (Verts/ALE) e Niels Fuglsang (S&D) à Comissão Europeia sobre o timing das respostas da Comissão às queixas relativas ao transporte de animais.

Assunto: Timing das respostas da Comissão às queixas relativas ao transporte de animais

Em maio de 2016, foram apresentadas à Comissão diversas queixas relativas à não conformidade de 13 Estados-Membros com o Regulamento (CE) n.º 1/2005 relativo à proteção dos animais durante o transporte(1). Entre 3 de junho e 10 de julho de 2020, a Comissão informou os queixosos da sua decisão de proceder ao encerramento dos processos. 

Pode a Comissão explicar por que motivo não reagiu às queixas no prazo limite de um ano e por que razão o timing das respostas coincide com o período em que o Parlamento decidiu criar uma Comissão de Inquérito sobre a Proteção dos Animais durante o Transporte? 

Além disso, relativamente a muitas das queixas, a Comissão justificou a sua decisão com base nos compromissos assumidos pelos Estados-Membros e não em progressos concretos no cumprimento da legislação pertinente da UE.

A Comissão verificou a aplicação das medidas comunicadas pelos Estados-Membros ou encerrou os processos apenas com base nas suas declarações? 

Além disso, os queixosos só receberam quatro semanas para apresentar novas informações suscetíveis de demonstrar a existência de uma infração ao direito da UE.

Pode esse prazo ser considerado adequado, dado que apresentar essas informações exigiria tempo e recursos significativos e poderia implicar novas investigações no terreno?

 

(1)       CHAP(2016) 01709-11 e CHAP(2016) 01713-18.

 

Resposta escrita

 

A Comissão encerrou 11 das 13 queixas(1) recebidas em maio de 2016 contra Estados-Membros relativas ao transporte rodoviário de animais para a Turquia, devido à ausência de infrações sistemáticas do Regulamento (CE) n.° 1/2005 do Conselho relativo à proteção dos animais durante o transporte(2).

Esta decisão foi tomada na sequência da avaliação da situação nos Estados-Membros em causa, com base nos resultados do projeto dos serviços da Comissão (2017-2019), que se centrou no bem-estar dos animais transportados para países terceiros. Tal incluiu auditorias aos Estados-Membros e a análise dos dados recolhidos durante o mesmo período de três anos a partir do sistema TRACES da Comissão e das autoridades dos Estados-Membros. A publicação, em fevereiro de 2020, do relatório de síntese sobre o bem-estar dos animais exportados por via rodoviária(3) conclui este projeto. A conclusão deste projeto e as provas recolhidas no seu contexto contribuíram para o processo de decisão que conduziu ao encerramento das queixas acima referidas. Por conseguinte, a data de encerramento destas denúncias não foi, de modo algum, devida ou relacionada com a decisão do Parlamento de criar uma comissão de inquérito.

Em conformidade com a comunicação «Direito da UE: Melhores resultados através de uma melhor aplicação»(4), a Comissão informou o queixoso por escrito de que não era possível chegar a uma decisão sobre o caminho a seguir relativamente às queixas no prazo de um ano a contar da data de registo da denúncia.

A presente comunicação estabelece um prazo de quatro semanas para o queixoso apresentar novos elementos em resposta ao ofício da Comissão que o informa da intenção de encerrar o processo. Este prazo é considerado razoável. Se novas investigações no terreno apontarem para violações sistemáticas do direito da UE, o queixoso tem a possibilidade de apresentar uma nova queixa à Comissão.

(1) As duas queixas restantes estão ainda a ser analisadas.
(2) JO L 3 de 5.1.2005, p. 1.
(3) https://ec.europa.eu/food/audits-analysis/overview_reports/details.cfm?rep_id=136
(4) C/2016/8600 (JO C 18 de 19.1.2017, p. 10).

Partilhar artigo

A ler também...

1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu
  • Ambiente
  • Direitos Sociais
  • Lei do Clima
  • Política Agrícola Comum
  • Verdes/ALE
  • 1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu

    Quarta-feira, 28 de Julho de 2021
    O último ano do deputado Francisco Guerreiro como membro independente do Parlamento Europeu ficou marcado pelo trabalho em volta da Política Agrícola Comum, do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura e da Lei do Clima.
    LER MAIS
    Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores
  • Ambiente
  • Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores

    Segunda-feira, 12 de Julho de 2021
    O eurodeputado dos Verdes/Aliança Verde Europeia (Verdes/ALE), Francisco Guerreiro, questionou a Comissão Europeia (CE) sobre o financiamento europeu da construção de uma incineradora na ilha de São Miguel, Açores.
    LER MAIS
    PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos
  • Animais
  • PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos

    Sexta-feira, 09 de Julho de 2021
    Foi descartada, esta semana, uma emenda introduzida pelo eurodeputado dos Verdes/Aliança Livre Europeia (Verdes/ALE) e Vice-Presidente da Comissão da Agricultura e do Desenvolvimento Rural (AGRI), Francisco Guerreiro, sobre a tauromaquia.
    LER MAIS
    Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Ambiente
  • Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF

    Quinta-feira, 08 de Julho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos participantes do ciclo de debates da Associação Natureza Portugal em colaboração com a World Wide Fund For Nature (ANPIWWF).
    LER MAIS
    Fundo dos Assuntos Marítimos e das Pescas aprovado com voto contra dos Verdes/ALE
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Ambiente
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Fundo dos Assuntos Marítimos e das Pescas aprovado com voto contra dos Verdes/ALE

    Quarta-feira, 07 de Julho de 2021
    O Parlamento Europeu aprovou hoje o acordo sobre o Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura (FEAMPA). Enquanto relator-sombra pelo Grupo dos Verdes/ALE, o eurodeputado Francisco Guerreiro introduziu uma emenda para a rejeição do acordo, porém, a mesma foi chumbada por 516 votos contra e apenas 143 a favor.
    LER MAIS
    Guerreiro preside reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais
  • Animais
  • Verdes/ALE
  • Guerreiro preside reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais

    Quinta-feira, 01 de Julho de 2021
    O eurodeputado dos Verdes/Aliança Livre Europeia presidiu hoje a reunião do Intergrupo para o Bem-Estar e Conservação dos Animais sobre o ‘Relatório de Implementação sobre Bem-Estar dos Animais de Criação’ pelo qual é também relator-sombra.
    LER MAIS
    Comissão Europeia elimina jaulas na pecuária até 2027
  • Animais
  • Comissão Europeia elimina jaulas na pecuária até 2027

    Quarta-feira, 30 de Junho de 2021
    A Comissão Europeia (CE) comprometeu-se hoje a eliminar gradualmente as jaulas na pecuária, em toda a União Europeia (UE), estudando a possibilidade de a proibição entrar em vigor em 2027. A proposta legislativa vai ser apresentada até ao fim de 2023, juntamente com a revisão da legislação de bem-estar animal, já prometida na estratégia política alimentar da UE, a Estratégia ‘Do Prado ao Prato’.
    LER MAIS
    Fim da Presidência portuguesa: (In)Ação climática e acordo na Política Agrícola Comum ditam avaliação negativa
  • Presidência do Conselho da UE
  • Fim da Presidência portuguesa: (In)Ação climática e acordo na Política Agrícola Comum ditam avaliação negativa

    Quarta-feira, 30 de Junho de 2021
    Esta quarta-feira, dia 30 de junho, termina o semestre português na Presidência do Conselho da União Europeia. Apesar de alguns pontos positivos, nomeadamente em matérias orçamentais e de transparência fiscal (e.g. acordo sobre a Diretiva de Divulgação Pública de Informações por País) houve um fracasso generalizado no que concerne a matérias climáticas e no panorama internacional, nomeadamente no relacionamento com a China e com os países do Mercosul.
    LER MAIS
    Guerreiro participa em conferência sobre qualidade alimentar
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Guerreiro participa em conferência sobre qualidade alimentar

    Terça-feira, 29 de Junho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro participou hoje na conferência 'Capacitar Organizações de Consumidores: Rumo a uma abordagem harmonizada para lidar com a dupla qualidade em produtos alimentícios' (ECO, na sua sigla em inglês) na qual falou do combate à dupla qualidade alimentar, na União Europeia.
    LER MAIS
    SAFE: Francisco Guerreiro debate qualidade dos alimentos
  • Política Agrícola Comum
  • SAFE: Francisco Guerreiro debate qualidade dos alimentos

    Terça-feira, 29 de Junho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos oradores da conferência da SAFE "Dual Food Quality: Empowering Consumer Organizations".
    LER MAIS

    mais notícias

    Não encontras o que procuras?