Nova PAC: De mal a pior

Nova PAC: De mal a pior

  • Sexta-feira, 23 de Outubro de 2020

  •      A+  A-

Bruxelas, 23 de outubro de 2020 – O eurodeputado Francisco Guerreiro (Verdes/ALE) votou contra as propostas finais das três pastas que compõem a Política Agrícola Comum (PAC) - os Planos Estratégicos, a Organização Comum de Mercados e o Regulamento Horizontal - numa tentativa de rejeitar esta reforma, mas apesar da  mobilização contrária de várias famílias políticas, não foi possível travar a aprovação deste texto. 

“Não podemos declarar a emergência climática, querer reduzir as emissões em 60% até 2030 e avançar com uma cópia ainda pior da PAC precedente, que desconsidera por completo o clima, a biodiversidade, a soberania alimentar, as gerações futuras e o combate à corrupção. Teremos a pior PAC de sempre e os cientistas climáticos assim o reiteram”, declara Francisco Guerreiro, primeiro Vice-Presidente da Comissão da Agricultura e do Desenvolvimento Rural do Parlamento Europeu (PE).

“Votei contra esta PAC e continuarei a lutar para acabar com o ‘green washing’ apresentado pelos eurodeputados, ministros e lobbies do agro-negócio”, afirma o eurodeputado. 

As razões para a rejeição da PAC como proposta, por parte de Francisco Guerreiro e dos Verdes/Aliança Livre Europeia (Verdes/ALE), prendem-se com questões como a diluição da requisitos para os agricultores receberem subsídios (condicionalidade); os ‘eco-esquemas’ que serão voluntários para os agricultores seguirem e que, na verdade, representam até uma versão menos financiada das medidas verdes da PAC anterior (e cujo tecto do orçamento nem está definido); a não melhoria dos requisitos de bem-estar animal para animais de pecuária; a não definição de ‘pecuária intensiva’, que é essencial para se desencadear benefícios para aqueles que produzem em regime extensivo; o contínuo financiamento à promoção de produtos e derivados de animais tal como a aplicação de mais restrições de marketing a produtos alimentares veganos alternativos aqueles lácteos. 

Esta semana, rica em jogadas políticas, o PE votou, assim, um texto da maior importância que vai reger a agricultura europeia por um período de sete anos (2021-2027) e que representa 34,5% do orçamento europeu de 2020.

A pasta dos Planos Estratégicos, as regras que estabelecem as condições a cumprir pelos países e pelos agricultores para estes poderem receber subsidiação, “sofreu um pré-acordo entre as três principais famílias políticas [PPE (PSD/CDS-PP), Renew e S&D (PS)], o que não permitiu que várias emendas de outros grupos fossem sequer a votos”, indicou o eurodeputado.  

Considerando esta ação “um jogo de bastidores que não dignifica a política europeia e o Parlamento Europeu”, Francisco Guerreiro adiantou ainda que “o pré-acordo foi até mais longe, ao ponto dos votos sobre a pasta serem antecipados em um dia, apanhando de surpresa todas as pessoas não envolvidas”.

Na terça-feira, dia 20 de Outubro, o grupo dos Verdes/ALE, chegou a apresentar uma emenda de rejeição a este relatório sobre os Planos Estratégicos, a alteração 1147, mas mesmo com os votos de vários eurodeputados pertencentes às famílias políticas europeias do S&D (PS) e do GUE/NGL (Bloco de Esquerda), o relatório acabou por passar.

A sociedade civil também se mobilizou através de várias vozes, entre as quais a da ativista Greta Thunberg, que se pôs do lado dos Verdes/ALE e a favor desta emenda de rejeição, bem como do chumbo geral das três pastas da PAC. O movimento gerou uma campanha na rede social Twitter, que ganhou destaque com o hashtag #VoteThisCAPDown.


Partilhar artigo

A ler também...

Parlamento Europeu pede redução concreta e coordenada de testes em animais
  • Animais
  • Parlamento Europeu pede redução concreta e coordenada de testes em animais

    Quinta-feira, 16 de Setembro de 2021
    Foi hoje aprovada na sessão plenária de Estrasburgo uma resolução do Parlamento Europeu (PE) "sobre os planos e as ações para acelerar a transição para a inovação sem recurso à utilização de animais na investigação, nos ensaios regulamentares e na educação", com 667 votos favor, 4 contra, 16 abstenções.
    LER MAIS
    Autárquicas 2021: Francisco Guerreiro apoia candidatura do partido Volt em Lisboa
  • Política Nacional
  • Autárquicas 2021: Francisco Guerreiro apoia candidatura do partido Volt em Lisboa

    Terça-feira, 14 de Setembro de 2021
    O eurodeputado independente Francisco Guerreiro, membro dos Verdes/Aliança Livre Europeia entra na campanha autárquica anunciando o seu apoio à candidatura do partido Volt, em Lisboa, encabeçada por Tiago de Matos Gomes.
    LER MAIS
    Alterações Climáticas: Eurodeputados dos Verdes pedem à CE que actue de forma urgente
  • Alterações Climáticas
  • Alterações Climáticas: Eurodeputados dos Verdes pedem à CE que actue de forma urgente

    Terça-feira, 14 de Setembro de 2021
    Vários eurodeputados dos Verdes/ Aliança Livre Europeia endereçaram uma carta à Presidente e Vice-Presidente da Comissão Europeia a pedir rapidez na actuação da CE face às alterações climáticas, no âmbito do pacote "Fit for 55".
    LER MAIS
    Comissões de Agricultura e Ambiente do PE aprovam Estratégia Farm to Fork
  • Ambiente
  • Comissões de Agricultura e Ambiente do PE aprovam Estratégia Farm to Fork

    Sexta-feira, 10 de Setembro de 2021
    Foi hoje adotado pela Comissão de Agricultura e Desenvolvimento Rural e pela Comissão de Saúde Pública, Segurança Alimentar e Ambiente do Parlamento Europeu o relatório que expressa a sua opinião conjunta face à Estratégia Farm to Fork, desenvolvida pela Comissão Europeia.
    LER MAIS
    Francisco Guerreiro envia queixa à ERC contra RTP
  • Media
  • Francisco Guerreiro envia queixa à ERC contra RTP

    Quarta-feira, 08 de Setembro de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro enviou uma queixa à Entidade Reguladora da Comunicação (ERC), devido à exclusão do programa ‘Eurodeputados’, emitido na RTP2.
    LER MAIS
    1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu
  • Ambiente
  • Verdes/ALE
  • 1 ano como independente: Reforço da representação ecologista no Parlamento Europeu

    Quarta-feira, 28 de Julho de 2021
    O último ano do deputado Francisco Guerreiro como membro independente do Parlamento Europeu ficou marcado pelo trabalho em volta da Política Agrícola Comum, do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura e da Lei do Clima.
    LER MAIS
    Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores
  • Ambiente
  • Guerreiro questiona Comissão sobre financiamento europeu de incineradora nos Açores

    Segunda-feira, 12 de Julho de 2021
    O eurodeputado dos Verdes/Aliança Verde Europeia (Verdes/ALE), Francisco Guerreiro, questionou a Comissão Europeia (CE) sobre o financiamento europeu da construção de uma incineradora na ilha de São Miguel, Açores.
    LER MAIS
    PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos
  • Animais
  • PAC: emenda para rejeitar fundos às touradas foi descartada em trílogos

    Sexta-feira, 09 de Julho de 2021
    Foi descartada, esta semana, uma emenda introduzida pelo eurodeputado dos Verdes/Aliança Livre Europeia (Verdes/ALE) e Vice-Presidente da Comissão da Agricultura e do Desenvolvimento Rural (AGRI), Francisco Guerreiro, sobre a tauromaquia.
    LER MAIS
    Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Francisco Guerreiro debate alteração dos sistemas alimentares da ONU com WWF

    Quinta-feira, 08 de Julho de 2021
    O eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos participantes do ciclo de debates da Associação Natureza Portugal em colaboração com a World Wide Fund For Nature (ANPIWWF).
    LER MAIS
    Fundo dos Assuntos Marítimos e das Pescas aprovado com voto contra dos Verdes/ALE
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Ambiente
  • Sessão Plenária
  • Verdes/ALE
  • Fundo dos Assuntos Marítimos e das Pescas aprovado com voto contra dos Verdes/ALE

    Quarta-feira, 07 de Julho de 2021
    O Parlamento Europeu aprovou hoje o acordo sobre o Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura (FEAMPA). Enquanto relator-sombra pelo Grupo dos Verdes/ALE, o eurodeputado Francisco Guerreiro introduziu uma emenda para a rejeição do acordo, porém, a mesma foi chumbada por 516 votos contra e apenas 143 a favor.
    LER MAIS

    mais notícias

    Não encontras o que procuras?