Verdes: Proposta da Comissão para considerar gás e energia nuclear como sustentáveis é greenwashing

Verdes: Proposta da Comissão para considerar gás e energia nuclear como sustentáveis é greenwashing

  • Quarta-feira, 02 de Fevereiro de 2022

  •      A+  A-

Bruxelas, 2 de Fevereiro de 2022- A Comissão Europeia (CE) publicou hoje a versão final do Acto Delegado ao Regulamento de Taxonomia da União Europeia (EU), que considera projectos de gás e nucleares como investimentos sustentáveis. O Acto Delegado deve considerar quais os investimentos financeiros que podem ser rotulados como sustentáveis.

O Grupo dos Verdes/Aliança Livre Europeia opõe-se veementemente à inclusão do gás e da energia nuclear e desafia todos os deputados do Parlamento Europeu a rejeitarem esta medida.

O eurodeputado dos Verdes/ALE Bas Eickhout, vice-presidente do Comité do Ambiente, Saúde Pública e Segurança Alimentar, considera que "com essa tentativa dissimulada de classificar as indústrias de gás e nuclear como sustentáveis, a Comissão Europeia está a prejudicar significativamente a credibilidade da UE como actor climático. A taxonomia deve ser uma oportunidade para a UE definir o as regras base para os investimentos do futuro e o carácter mais ecológico da nossa economia. No entanto, incluir o gás e a energia nuclear na proposta da Comissão equivale a uma lavagem verde e vai contra o Green Deal. Na Cimeira do clima da ONU em Glasgow, foram dados pequenos passos para eliminar gradualmente os combustíveis fósseis. No entanto, infelizmente, a Comissão já está a voltar atrás e a deixar a porta aberta à indústria do gás”.

Na proposta da Comissão, os investimentos em gás recebem um rótulo verde se a licença para a construção de uma central de gás for emitida antes do final de 2030 e for convertida numa forma de gás limpa, como o hidrogénio, até 2035. Mas há outros critérios que podem permitir obter essa classificação. Tanto na construção de reactores nucleares como na manutenção dos reactores já existentes são consideradas sustentáveis ​​na proposta da Comissão. Para a energia nuclear, o requisito para um rótulo verde é que os fundos devem estar disponíveis para o armazenamento de resíduos nucleares e o desmantelamento do reactor nuclear, mas ainda não está claro quanto financiamento será necessário. A Comissão Europeia exige uma solução final para o armazenamento permanente de resíduos nucleares altamente radioativos até 2050.

Jutta Paulus , membro dos Verdes/ALE do Comitê de Meio Ambiente e membro adjunto do Comitê de Indústria, Pesquisa e Energia, diz também que “o gás e a energia nuclear não são sustentáveis. Nem um único rótulo de sustentabilidade no mundo classificou essas tecnologias como verdes. A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, ignorou a classificação de seu próprio grupo de especialistas num verdadeiro jogo de poker com os estados membros da UE e desvalorizou a taxonomia, que poderia ter-se tornado a regra base para investimentos sustentáveis. As energias renováveis ​​não terão cada centavo para reactores nucleares e projetos de gás. Todo investimento em gás aumenta as emissões de metano extremamente prejudiciais ao clima durante a produção e o transporte. Pequenos passos para eliminar os combustíveis fósseis foram acordados na cúpula climática da ONU em Glasgow. Mas a Comissão da UE quer voltar no tempo e manter uma porta aberta para as indústrias de gás e nuclear”.

Michael Bloss , membro dos Verdes/EFA do Comitê de Indústria, Pesquisa e Energia e membro adjunto do Comitê de Meio Ambiente, acrescenta que “nós, Verdes/ALE, vamos trabalhar para pôr termo à designação imprópria e apelar a todos os eurodeputados que votem contra o acto delegado. A abordagem da Comissão da UE equivale a green washing e viola sua própria exigência de depender de alternativas como energias renováveis. A classificação de produtos financeiros sustentáveis ​​é uma questão de credibilidade. A Comissão da UE corre o risco de comprometer a credibilidade do Green Deal e o papel da UE como o principal mercado para finanças sustentáveis”.

Para suspender esta proposta é necessária uma maioria absoluta do Parlamento Europeu, 353 (de 705) deputados têm de votar contra a proposta. Uma maioria qualificada de países da UE também pode bloquear a proposta no Conselho de Ministros. Além disso, a Áustria e o Luxemburgo anunciaram que vão ao Tribunal Europeu contestar esta decisão.


Partilhar artigo

A ler também...

Direito à reparação: Eurodeputados querem saber a razão do atraso na publicação da proposta
  • Economia
  • Verdes/ALE
  • Direito à reparação: Eurodeputados querem saber a razão do atraso na publicação da proposta

    Quinta-feira, 23 de Março de 2023
    Vários Eurodeputados dos Verdes/ALE, incluindo Francisco Guerreiro, questionaram a Comissão acerca do atraso na publicação da proposta sobre o direito à reparação.
    LER MAIS
    Nuctech: Eurodeputados questionam Presidente da Comissão acerca da empresa estatal chinesa
  • Políticas Europeias
  • Nuctech: Eurodeputados questionam Presidente da Comissão acerca da empresa estatal chinesa

    Quinta-feira, 23 de Março de 2023
    Francisco Guerreiro juntamente com outros colegas Eurodeputados, enviaram uma Carta dirigida à Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, a questionar a segurança da empresa chinesa Nutech e pedem à Comissão para não usar €1 bilião do CCEI para solidificar ainda mais a presença da Nuctech na Europa.
    LER MAIS
    Segurança nuclear: Eurodeputados e ONG's enviam Carta ao Ministro Francês para a Transição Energética
  • Políticas Europeias
  • Segurança nuclear: Eurodeputados e ONG's enviam Carta ao Ministro Francês para a Transição Energética

    Quinta-feira, 23 de Março de 2023
    12 Organizações Não-Governamentais Europeias e 23 Membros do Parlamento Europeu, incluindo Francisco Guerreiro, assinaram uma Carta a solicitar ao Governo Francês que não se apresse, e que não perturbe o atual sistema de governança de segurança nuclear em França sem estudo prévio.
    LER MAIS
    Eurodeputados questionam Comissão sobre a possibilidade de ter animais de companhia nos edifícios das instituições da UE
  • Animais
  • Eurodeputados questionam Comissão sobre a possibilidade de ter animais de companhia nos edifícios das instituições da UE

    Quinta-feira, 23 de Março de 2023
    Francisco Guerreiro juntamente com outros coloegas Eurodeputados, questionaram a Comissão Europeia sobre a possibilidade de ter animais de companhia nos edifícios das instituições da UE.
    LER MAIS
    Regime escolar da UE - fruta, produtos hortícolas e leite - Eurodeputado Francisco Guerreiro vota contra relatório
  • Agricultura, Mar e Florestas
  • Regime escolar da UE - fruta, produtos hortícolas e leite - Eurodeputado Francisco Guerreiro vota contra relatório

    Quarta-feira, 22 de Março de 2023
    Na amanhã de quarta-feira, o Eurodeputado Francisco Guerreiro votou contra o relatório "Regime escolar da UE - fruta, produtos hortícolas e leite", apresentado na Comissão da Agricultura.
    LER MAIS
    Alto representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança responde a Eurodeputados
  • Guerra na Europa
  • Alto representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança responde a Eurodeputados

    Quarta-feira, 22 de Março de 2023
    Josep Borrell Fontelles, Alto representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança, respondeu aos Eurodeputados acerca de uma carta enviada acerca da situação da República da Moldávia, o Eurodeputado Francisco Guerreiro foi um dos signatários.
    LER MAIS
    Bem-estar Animal - Eurodeputado Francisco Guerreiro questiona a Comissão acerca da aplicação da legislação a nível nacional
  • Animais
  • Bem-estar Animal - Eurodeputado Francisco Guerreiro questiona a Comissão acerca da aplicação da legislação a nível nacional

    Quarta-feira, 22 de Março de 2023
    O Eurodeputado Francisco Guerreiro e a sua colega Tilly Metz, questionaram a Comissão Europeia acerca da aplicação a nível nacional da legislação da UE em matéria de bem-estar dos animais.
    LER MAIS
    Direito à reparação - 59 Eurodeputados e mais de 150 Organizações Europeias exigem uma forte iniciativa
  • Economia
  • Verdes/ALE
  • Direito à reparação - 59 Eurodeputados e mais de 150 Organizações Europeias exigem uma forte iniciativa

    Terça-feira, 21 de Março de 2023
    9 Eurodeputados dos Verdes/EFA, incluindo Francisco Guerreiro, e mais de 150 Organizações Europeias enviaram uma Carta para a Comissão Europeia a pedir urgentemente uma iniciativa ambiciosa e adequada para o "Direito a Reparar" para facilitar a transição para uma economia mais circular.
    LER MAIS
    Eurodeputado Francisco Guerreiro questiona Comissão sobre a rotulagem nutricional nas embalagens em prol dos cidadãos com deficiência
  • Direitos Sociais
  • Eurodeputado Francisco Guerreiro questiona Comissão sobre a rotulagem nutricional nas embalagens em prol dos cidadãos com deficiência

    Terça-feira, 14 de Março de 2023
    O Eurodeputado Francisco Guerreiro questionou a Comissária Stella Kyriakides acerca dos sistemas de rotulagem nutricional na frente das embalagens em prol dos cidadãos com deficiência.
    LER MAIS
    Eurodeputado Francisco Guerreiro questiona Comissão acerca da estratégia em matéria de proteínas
  • Ambiente
  • Eurodeputado Francisco Guerreiro questiona Comissão acerca da estratégia em matéria de proteínas

    Terça-feira, 14 de Março de 2023
    O Eurodeputado Francisco Guerreiro questionou a Comissão Europeia acerca da estratégia em matéria de proteínas, e reconhece na mesma, uma oportunidade para apoiar a transição para regimes alimentares à base de plantas.
    LER MAIS

    mais notícias

    Não encontras o que procuras?